29 comentários:
De BST a 2 de Dezembro de 2011
Creio que a mera invocação deste preceito, em negociações particulares teria mudado as coisas.
De Bic Laranja a 2 de Dezembro de 2011
Nem assim se aplica. Saberá o governo de leis?
Cumpts.

Comentar