De [s.n.] a 21 de Dezembro de 2011
Cambada de ladrões, traidores e criminosos, é o que são de facto os 'democratas' que fingem que nos governam. Eles não vieram salvar a Pátria das "garras" do "faxismo", eles vieram, como bons bandidos que são, descapitalizar o país, virar do avesso a ordem estabelecida, abrir as portas de par em par aos traficantes, ladrões e criminosos do que há de pior, entregar o país ao capitalismo selvagem, ou seja, à seita mundialista e finalmente e mais importante, encherem até abarrotar as suas contas secretas em off-shores, com os biliões sacados dos cofres do Estado, barras de ouro incluídas. Dinheiro e ouro, estes, pertença dos portugueses à guarda do Estado.

Se existir Justiça neste mundo, este bando de gangsters do pior extracto - que o nosso país teve um dia a desgraça de admitir como governantes - tem que forçosamente um dia ser julgado, mas com outro regime e com políticos, outros, escolhidos a dedo dentre os portugueses de bem.

Os bandidos (justa designação dada por Mª Filomena Mónica numa entrevista televisiva) lá tinham a sua razão em querer meter-nos à força, primeiro na CEE, depois na U.E. (sem consulta ao povo nem referendos de qualquer espécie). Além de estarem protegidos por outra cambada da mesma família mafiosa europeia, é facto e eles repetem à exaustão... que é perigosíssimo para o país, dela sair! Isto só serve para provocar o MEDO nas populações (esta é uma ameaça que está sempre presente nas democracias, é assim que as controlam e simultâneamente lhes trazem bastos benefícios políticos) mas não há no clausulado do Tratado europeu nada que diga que não o podemos fazer. Entretanto eles metem medo, sempre o medo, sobretudo aos países do Sul da Europa - começando por esse cínico, ganancioso e traidor Soares, seu defensor acérrimo e primeiríssimo proponente, não havia ele de ter sido?!!... - cujos povos andam a clamar há anos querer sair do euro e se for caso disso da própria União, com o papão da desgraça e miséria colectiva de cada um desses países e que caso o façam é o colapso total das suas economias do qual muito difìcilmente recuperarão!!!

É do medo, sempre o medo, constantemente inculcado nos povos, que eles se vão valendo para ir evitando as anulações dos "Tratados" e com isso se perpetuarem no poder décadas seguidas. Eles, família, a côrte de apaniguados, amigos e familiares destes.

É deste modo que mais parece um filme de ficção, não fora estarmos ante a cruel e pavorosa realidade, que, a mando dos donos do planeta, o mundo, com a Europa à frente do pelotão, está a caminhar à velocidade da luz para o seu fim sem que os respectivos povos se apercebam. Esta foi desde sempre a ambição máxima dos mundialistas por interpostas maçonarias no terreno: destruir a humanidade em poucas décadas sem que esta tenha a mínima percepção dos processos horrendos, repito horrendos, nela envolvidos.
Maria
De Bic Laranja a 23 de Dezembro de 2011
Os devoristas, como pôs o Pulido Valente, são uma raça danada que se aqui entranhou e que, salvo no tempo do dr. Salazar, desde as invasões napoleónicas nos sugam a identidade e a pátria.
É Natal. Haja esperança.
Feliz Natal.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.