Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008

12 palavras e a informação

Respondendo ao desafio do Réprobo para aqui deixar 12 palavrinhas que me agradam, eis a lista:

AgirMenos enviesado para designar acção que todas as iniciativas e implementações com que me enchem o quotidiano.
AldeãoMais genuíno que cidadão; de mais a mais quando os arautos da cidadania tanto se pelam pelo cidadão comum. Se os há comuns também os haverá especiais...
AzinhagaEm conjunto com beco e travessa: caminhos em vias de extinção, não pela dimensão ou direcção, mas pela designação cheia de rodriguinhos dos novos que se constroem (vielas que se dizem avenidas, becos que se dizem largos, caminhos e estradas que se dizem acessibilidades...)
ErmamentoIronia ao deserto de ideias (e de vocabulário) dos inventores de designações peneirentas mas ocas, como ordenamento do território.
InstruçãoPelo valor de ensino, treino, somando o sentido etimológico de edificar, construir. Para contrariar formação que almeja moldar as gentes na forma (ô) da doutrinação. Um dos moldes mais usados é a in-formação...
MestriaPara banir o know-how, fruto de muita formação, mas que só demonstra bárbara instrução.
NauCatrineta. A ladainha dos nossos fados.
PergaminhoDe bom coiro. Para registar a tradição.
ReinoComo se dizia Portugal.
SilêncioPorque é de ouro.
Valor(es)Para contrariar amorais mais-valias, que é só o que hoje se sabe dizer.
Vós2ª Pessoa do plural; muito desusada em favor da 1ª do singular.


 São estas como podiam ser outras. Mas das que estão completo o que digo na instrução sobre a forma doutrinária da informação, porque ouvi no jornal da meia-noite da S.I.C. Notícias, a propósito das comemorações das invasões francesas em Madrid, dizer singelamente que a Espanha deixou passar a tropa do Napoleão que vinha invadir Portugal. Um pecado por omissão que a Espanha não cometeu em 1807. Na altura invadiu-nos tanto como os franceses.



Assinatura do Tratado de Fontainebleau

Escrito com Bic Laranja às 00:06
Verbete | comentar
12 comentários:
De Bic Laranja a 14 de Fevereiro de 2008
Creio que é uma tese aceitável para o desfile em Madrid. Mas cheira-me cá que a evocação conforma festim jacobino ou maçónico por 1789. Mesmo não no sendo é como se nos alegrássemos com o esbulho da Convenção de Sintra. Acho preferível comemorar a Roliça ou Vimeiro.
Cumpts.
De António Viriato a 14 de Fevereiro de 2008

Comemorar, não, acho deslocado, impróprio, absurdo ou mesmo masoquista. Mas evocar, sim, para aprender e reflectir, nas glórias - poucas - e, sobretudo, nas desgraças - imensas - havidas por esta Península há 200 anos.
De Bic Laranja a 14 de Fevereiro de 2008
António Viriato: recordar pode ser, mas comemorar? // A coisa aparenta ser para comemorar a derrota dos franceses. Mas o tratado de Fontainebleau ensombra as coisas. A revolta contra os franceses só se deu em 2 de Maio de 1808, e as revoltas em Portugal só se deram em Junho, portanto não é isso que se comemora. Cheira-me que há por aí festa pela Revolução Francesa que veio no bornal da soldadesca napoleónica, até porque o desfile em Madrid contou com franceses. Mas não sou perdigueiro e pode ser como diz, esmerada estupidez. E sobre isto o ministro da Defesa Nacional é licenciado em História... // Cumpts.
De Manuel a 14 de Fevereiro de 2008
Quase podia assinar esta lista, não fosse eu um dos que incorre na última falta. Mas isto das línguas é assim, evolui a partir do erro. Quase só a partir do erro.
Quem foi o "iluminado" que foi comemorar o tratado de Fontainebleau? O de 1807?
Eles esmeram-se em ser ainda piores do que aparentam! Que gentinha!
Abraço
De António Viriato a 13 de Fevereiro de 2008

Nunca é demais recordar certas verdades, mesmo aquelas que nos possam doer, porque, como reza um dito antigo,o que arde/dói cura ou assim conviria que acontecesse.

Um abraço.
De Bic Laranja a 13 de Fevereiro de 2008
'Oxalá' também gosto, Tiago. // Não, Pitx. É home' transmontano, terra de gente que sabe dizer bem as coisas. Manda-lhe daqui um abraço! // Obrigado eu pela oportunidade de 12 verbetes duma vez, Réprobo. // Poss corrigi-lo, Asdrúbal, mas os factos desmentem-me. // Vá-se lá perceber essa gente, caro Pedro Macieira. É que nem afrancesados se lhes pode chamar... // Sim, Dona T.; interagir é que anda algo na berra. Modas. Rodriguinhos... // Cumpts. a todos
De T a 13 de Fevereiro de 2008
Agir é um verbo que anda em falta!
E o silêncio é de ouro sim:)
Cumprimentos
De pedro macieira a 13 de Fevereiro de 2008
Também eu ouvi a afirmação na SIC, que "Espanha tinha autorizado a passagem das tropas francesas..." e realmente fiquei intrigado (não me lembrando dos factos históricos), e o esclarecimento agora feito pelo biclaranja veio colocar nos seus devidos termos a situação. O Tratado de Fontainebleau, é uma peça importante para perceber a "visita" das tropa Napoleónicas, e não só por este lados.E realmente é estranho que Portugal participe em Madrid, nas comemorações da invasão do seu próprio território, pelos nossos "hermanos, e pelos seus aliados franceses...
Um abraço
De asdrubal a 13 de Fevereiro de 2008
Mas então não foi este Tratado, dito entretanto da «Independência de Espanha» e cujo articulado dividia Portugal e o velho Ultramar às postas, não foi este Tratado, dizia, que a nossa «classe política» foi agora comemorar em Madrid ?! Corrijam-me se me enganei ...
De O Réprobo a 13 de Fevereiro de 2008
Meu Caro Bic, um maravilha, com a ironia que preserva o que o pedantismo e outros mimetismos querem extingir. Grato por ter correspondido ao desafio.

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____