Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

Agenda cultural da câmara

Cara [Correspondente],

Repare no texto (7.ª linha):
«[…] prostituição nas ruas realiza-se na terceira terça-feira de cada mês e tem encontro marcado às 10h30 no café A Brasileira.»

Ainda continuei a ler até às «arquiteturas» mas confesso que tais arqui-preeminências aliadas ao texto anterior me intimidaram um tanto.
De toda a forma obrigado pela agenda.
Cumpts.

[Do blogo Bic Laranja]


De: [Correspondente identificada]
Enviado: 13 de Janeiro de 2012 11:14
Assunto: Azulejos em Lisboa


Prostituição nas ruas... (Agenda Cultural da C.M.L., 13/1/2012)

(Agenda cultural da C.M.L., 13/I/12.)

Escrito com Bic Laranja às 17:15
Verbete | comentar
16 comentários:
De Luísa a 13 de Janeiro de 2012
Por metade do preço consigo escrever asneiras maiores. Magnífico... ou então não!
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Sim. Mas vossemecê havia de asneirar conscientemente....
Cumpts.
De MCV a 13 de Janeiro de 2012
Terá esta coisa a certificação competente?
Deve ter.
Abraço
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Só pode. Certificação da Azai e alvará da câmara.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 13 de Janeiro de 2012
Caro Bic , veja ao que estamos reduzidos... há quem diga que chegámos ao fundo, há quem diga que batemos no fundo, e eu digo que estamos a enterrar-nos no lodo do fundo,e, não tendo chegado ao fundo do lodo, ainda vamos descer mais; o que me admira é continuar a admirar-me com dislates deste jaez...
Quanto ao conteúdo, estamos conversados; quanto à forma, veja, como tínhamos previsto, a prostituição gráfica em que essa tropa chafurda: será que foram os "arquitetos" quinhentistas (dos 500.000 € por mês?) que criaram os directórios? (da direita, na imagem)?
É nem se enxergam...
Cumpts
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Não há fundo.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 13 de Janeiro de 2012
É que nem se enxergam.
De Inspector Jaap a 13 de Janeiro de 2012
500.000 € por ano
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Enxergam. Não têm é vergonha.
Cumpts.
De [s.n.] a 14 de Janeiro de 2012
Eu leio e não acredito. Refiro-me às duas linhas realçadas a amarelo. Ultrapassámos tudo o que de mais rasteiro, moral e èticamente, um povo é capaz de tolerar. Este bando de mafiosos, do mais vergonhoso e reles que o nosso país jamais concebeu, tem que levar sumiço mais cedo ou mais tarde. A bem ou a mal.

Com que então há uma página de 'divulgação cultural' da C.M. de Lisboa que, dentre as várias propostas turísticas, 'oferece' aos visitantes um 'percurso' que os leva em grupo a conhecer as prostitutas na Baixa da cidade... Convite/oferta com local, dia e hora marcados num dos restaurantes mais famosos e conhecidos da Baixa lisboeta!!! E de bastante prestígio, ainda não vão muitos anos!

Se estas 'iniciativas culturais' não são o último estadio de civilidade e uma afronta aberta e propositada com o intuito de provocar uma revolta em massa de todo um povo, então não sei que mais será preciso.

Eu julgava que já tínhamos atingindo o nível mais baixo no que diz respeito à imoralidade, falta de integridade e ausência total de ética. Afinal enganei-me redondamente. Pela amostra em presença podemos atingir ainda um nível muito mais degradante. É só esperar.

Já agora aconselho o sr. presidente a que não se acanhe, seja ousado e vá um pouco mais longe nas suas 'gloriosas' iniciativas 'culturais e turísticas'. Aproveite a onda (de podridão a todos os níveis em que se tornou Portugal, com Lisboa a sobressair em grande beleza) e inaugure um bairro, avenida ou simples rua, com iluminação vermelha em todas as janelas e portas... à la Amesterdão, especialmente dedicada a essas senhoras que tanto apreço lhe merecem ao ponto de as incluir nos itinerários turísticos da C.M. da capital do país!... Aí sim, será a cereja no topo do bolo.

Vai ver que um dia destes a maçonaria ou outra seita a que pertença ou, à falta destas, as prórias senhoras beneficiadas e agradecidas com tão gratificante acto de amor e compaixão, farão uma colecta a nível nacional e serão elas mesmas a homenageá-lo erguendo-lhe uma estátua em bronze, tamanho real, no início dessa futura rua ou avenida. Acredite que será recordado pelos vindouros por tão inovadora quão prestimosa modalidade turística trazida à nossa capital...

Ah! E nada de esquecer a pompa e circunstância que uma inauguração de tal envergadura exige:deve celebrá-la com a presença de convidados ilustres, fogo de artifício, fanfarra e tudo o mais de que a sua fértil imaginação se lembrar. O sr. ficará na história dessa câmara e desta cidade como o presidente mais inventivo, generoso, caridoso e humanista de todos quantos a ela presidiram em toda a sua já longa existência.
Maria
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Ainda acreditei num passeio histórico ao Bairro cujo tema fosse... e cuja divulgação desse nisto pela inépcia do escriba. Mas calhando faz mais sentido o que diz.
Cumpts.
De [s.n.] a 15 de Janeiro de 2012
Pode ter a certeza. Quanto maior for a degradação da sociedade, mais felizes se sentem os obreiros da vergonhosa obra realizada. Afinal foi este o triste e infeliz destino que os falsos democratas traçaram para Portugal muito tempo antes de cá se amesendarem, antevendo as muitas décadas que teriam pela frente para saborear o lauto banquete.
E não é que desgraçadamente (até hoje) o conseguiram em pleno?
Maria
De tron a 15 de Janeiro de 2012
De facto algo de muito cultural, o horário em que as meninas que andam ao ataque, transformam o bairro alto no bairro da luz vermelha de Amsterdão, de facto uma informação útil quando se tem montes de chulos no poder
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
Ora bem! Achámos o sentido à coisa.
Cumpts.
De [s.n.] a 15 de Janeiro de 2012
Houve uma troca de um comentário e a ausência de outro.

Este do "exactíssimamente" era destinado ao Tron.

O para si simbolizava sómente uma enorme vontade de rir à sua pertinente resposta ao Tron.

Esta: "Hahahahaha"
Maria
De [s.n.] a 15 de Janeiro de 2012
É exactíssimamente como escreveu!
Maria

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____