6 comentários:
De [s.n.] a 14 de Janeiro de 2012
"amaciar os desvios" ahahahaha

Os revolucionários da altura arranjaram novos vocábulos para substituir os antigos; baptizaram ruas e avenidas com outros nomes (os dos seus heróis, como é bom de ver ); mudaram o nome às empresas e a propriedades agrícolas (as poucas que restaram do saque, é claro); substituiram as designações de tudo e a tudo quanto lhes foi possível lançar as garras, por siglas e nomes estranhíssimos (para o povo ir esquecendo o passado, não associando nomes de pessoas e/ou fábricas, empresas, etc., com os mesmos/as do anterior regime e menos ainda com os seus legítimos proprietários, expulsos das suas casas e terras e expoliados dos seus bens e obrigados a exilar-se a 'convite' dos excelsos 'democratas').

Ou seja, além do procedimento clássico dos regimes tirânicos (este o seu primeiro objectivo, mas falhado), viraram-se para o sistema capitalista (selvagem) norte-americano não menos tirânico mas com outra capa, adoptando as suas normas legais e modo de vida em sociedade, sendo estas o que há de mais reles, degradante e brutal existente no planeta. Sociedade que eles cìnicamente clamam odiar vai para quatro décadas, mas cujo modo de vida selvático com todas as taras e vícios inerentes, eles importaram um a um. E sabe-se perfeitamente com que fins diabólicos.

Esta vil politicagem que nos governa é do mais mentiroso e hipócrita que Deus deitou ao mundo.
Em vez de mudarem o nome às coisas, o que eles fariam de bem era reciclarem-se a eles próprios e irem pregar falsas democracias para outra freguesia. Mas uma que se situasse num planeta aí a uns 300 milhões de anos-luz do nosso. Para podermos recuperar a nossa paz, a alegria de viver e o apaziguamento da alma. Todos eles há muito perdidos.
Maria
De Bic Laranja a 15 de Janeiro de 2012
A história é escrita pelos vencedores. À sua maneira, claro. O exemplo é aquela história dos libertadores dos portugueses empenhados em salvar guerrilheiros do M.P.L.A. das garras da UNITA optando por deixar os desgraçados libertados à sua mercê em Nova Lisboa.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 16 de Janeiro de 2012
Olhe que não, olhe que não …
Isso era dantes… agora, a História (para quando a istória ou estória, venha o Diabo e escolha) é escrita não só pelos vencedores, mas também por alguns dos vis vencidos como há a esmo cá pelo burgo… gloriosas fapla, etc, etc… eu posso falar, pois conheci alguns… vomitei quando soube factualmente como essa miserável “descolonização” foi feita; pelo menos em Angola.
Nós pagamos, não há crise!
Cumpts
De Inspector Jaap a 16 de Janeiro de 2012
É só ver a gravura do Administrão, para ver como temos razão, cro Bic.
Cumpts
De SC a 16 de Janeiro de 2012
Por prostitutos do idioma... nada mais a propósito:

http://www.youtube.com/watch?v=XVYBHlfuS5c
De Inspector Jaap a 16 de Janeiro de 2012
Caro SC, não podia vir mais a propósito… se esquecermos a métrica, é perfeito…
Faz-me lembrar uma cancão do Verão “quente” de 75; “ os Lobos”… alguém se lembra???
- Eles estão aí, os lobos..vem aí o comunismo, ai que horror!”
Não esteve muito tempo nas rádios, para aí uns 15/20 dias, se bem me lembro… vamos a ver quanto tempo esta fica na Internete.
Cumps

Comentar