De George sand a 19 de Janeiro de 2012
Ninguém se lembra de perguntar aos Futre...vai que vai vir barcos também...
De [s.n.] a 20 de Janeiro de 2012
Futre não me passou procuração para o defender, mas, como uma pessoa imparcial que honestamente me julgo no que a esta matéria específica diz respeito, permito-me dar a minha modesta opinião.

Futre é uma pessoa d'origem muito humilde conforme ele já frisou mais do que uma vez. Também tem dito que é muito pouco instruído. Numa conversa antes do programa dele ter começado, até disse qualquer coisa como: "eu não sei falar português correctamente, vocês sabem que eu não estudei...". Estas palavras são sinónimo de humildade, de sinceridade e de muita verdade. E nem uma pitada de sobranceria ou de egocentrismo, defeitos de que infelizmente padece a maior parte dos futebolistas e de muita gente outra, ligada ou não ao futebol. Os políticos, por exemplo, para não irmos mais longe...

Em seu benefício devo ainda acrescentar que o seu modo genuíno e despretensioso de contar piadas e sobretudo de relembrar episódios engraçadíssimos que lhe aconteceram enquanto jogou em Espanha, são de rir e chorar por mais. E bem que os portugueses precisam de se abstrair, nem que seja por alguns momentos, do estado em que o

Ah! E um pormenor a seu favor que não é de somenos: ele esteve muitos anos a viver em Espanha e apesar disso não abastardou a sua língua materna. Istão obstante um muito ligeiro sotaque meio alentejano salpicado com um tudo nada de castelhano, que até lhe confere uma certa graça, não só pela desenvoltura com que fala como com o à-vontade e simplicidade com que se expõe perante as câmaras.
Maria

Obs.: Tomara muitos 'licenciados' e 'doutorados' da política serem capazes de demonstrar tanta humildade, franqueza, simpatia (e muito especialmente sem pontapearem gravemente a gramática, como acontece quase diàriamente) como o faz um rapaz como o Futre. Contràriamente à hipócrita e cínica politicagem que finge que nos governa.

Tenho a certeza absoluta que Futre, inteligente como parece ser, se for sendo corrigido à medida que pronuncia uma palavra, elabora uma frase ou conjuga um verbo menos bem, não tarda nada estará capaz de dar lições de português aos afectados e falsos 'profissionais' da política.
De Inspector Jaap a 20 de Janeiro de 2012
Aplausos para ambos (Maria e Futre) de alguém completamente divorciado desse ninho de víboras que é o futebol, mas que também dá valor a valores hoje em desuso, como a simplicidade.
Cumpts.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.