Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Pequeno-almoço estudado (pub)

 Ontem comprei o Diário de Notícias. Que pasto para o blogo!
 Uma outra que lá vinha era sobre o pequeno-almoço dos meninos (Diana Mendes, «99% das crianças tomam pequeno-almoço errado», Diário de Notícias, 29/5/07). É um daqueles estudos...
 Diz que 99% dos meninos em Portugal parece que tomam o pequeno-almoço errado. Mas há um detalhe - esta parte ouvi na telefonia: o estudo foi levado a cabo nas regiões norte, centro, e da grande Lisboa, embora o D.N. diga que foi em Portugal. Mas está certo. Desprezaram além Tejo, devido ao ermamento, e o Allgarve, que pelo nome é com certeza terra estrangeira.
 Mas sobre o pequeno-almoço dos meninos diz que a culpa é dos pais, que só dão alimentos-porcaria ao meninos. Pena o estudo não dizer a porção de pirralhos que, por birras e choradinhos, impõem que os pais os abasteçam com toda a sorte de tulicremes e afins, propostos pela incisiva publicidade ou pelas gulosas prateleiras dos híperes. Mas o caso é tão grave que até os cereais são má opção. Quem diria, hem!
 Afortunadamente a própria notícia traz o pequeno-almoço-solução incorporado: «o mais correcto é comer pão com creme de barrar vegetal...»
 Agora já percebo o que é o projecto Bom Dia Planta, em cujo âmbito coube o estudo.


Planta (Lambona)
misteriojuvenil.com

Escrito com Bic Laranja às 06:28
Verbete | comentar
11 comentários:
De Bic Laranja a 31 de Maio de 2007
Neves de Ontem: essa é uma mui boa questão. // Opíparas refeições, Luar. :) // Boa escolha, Mário. // Cumpts.
De Bic Laranja a 31 de Maio de 2007
Grato por no-lo contar, Menina Marota. :) // Mas isto da margarina Planta (antigamente dizia-se margarina, recorda-se?) é promoção de vendas muito bem orquestrada. Fazer bem à saúde é marginal ao lucro esperado. // Cátia: também nos habituaremos à justa medida; pode-se comer basicamente tudo desde que se não seja lambão. // Filigraana: julgo que promover cereais não fazia parte do contrato deste 'anúncio'. // Mulher Gorduxa: concordo com o que diz das birras; mas que muitos meninos subjugam os papás, talvez por excesso de mimo, não se pode negar. // Cumpts a todas!
De Mario a 30 de Maio de 2007
Há ciranças que comem batatas fritas ao pequeno almoço?!?!? BLHARK
Não há como um belo copo de leite e um pão com manteiga, ou uma torrada.
De luar a 30 de Maio de 2007
Agora lembrei-me de uma coisa que eu e os meus sobrinhos adoravamos comer... pão com manteiga e açúcar!!!! Credo!!!!!!
De luar a 30 de Maio de 2007
Eu adorava os meus. Umas vezes era massa de lacinhos com manteiga, ovos com bacon, ovos mexidos com salsicha, quando o pai vinha de Luanda lá vinham as mangas, papaias e fruta-pinha, era tão bom!!! Note-se que eu acordava pelas 06.30h pois a carrinha passava lá em casa por volta das 07.15h. Mas quando iamos a terra da minha avó (Sertã) eu gostava do pão com manteiga e café com leite ou "sopas" de leite com pão e açúcar...
De nevesdeontem a 30 de Maio de 2007
Há uma coisa que não compreendo, os miúdos comem pior do que nós, mas eles são muito mais altos do que a nossa geração. Temos de dizer, se quiseres crescer, come mal; se quiseres ser baixinho come bem?
De mulhergorduxa a 30 de Maio de 2007
Realmente, só vem provar como há estudos mal feitos... se falta todo o sul do país.... pq é que esta gente não desceu até ao Alentejo e All Garve para ver o que os putos comem?
Só há uma coisa q escreves com q não concordo. Se os putos fazem birra se não comem tulicremes e essas coisas e se não querem o saudável piqueno almocito que os pais lhes querem dar, a solução - a meu ver - não é fazer-lhes a vontade. Ai não querem pãozito com manteiga? Então n comem nada. A ver se no dia seguinte ou no outro os hábitos alimentares da pequenada não começavam a mudar.

há é que ter pulso
De Filigraana a 30 de Maio de 2007
O DN também podia ter referido que o Kellogg's Especial K tem mais calorias que o Chocapic.
De Cátia aka Isobel a 30 de Maio de 2007
:D Que post tão bem humorado, fartei-me de rir.. eu fui habituada a comer à antiga mas é verdade que a miudagem agora só come aquelas coisas feitas com montes de açúcar refinado... vê-se na rua, comem aqueles bolos com recheio de chocolate e Sumol, a caminho da escola.
Comer Becel, que é um creme para barrar, não é assim tão mau.. ao fim de algum tempo, até nos habituamos. E, da mesma maneira que nos habituamos às coisas prejudiciais, também nos habituamos às coisas benéficas, é tudo uma questão de os pais se saberem impôr e darem o exemplo.
De T a 30 de Maio de 2007
Odiei sempre planta e leite pela manhã. Pãozinho com manteiga é que é bom.
Mas de facto os miúdos comem mal nas escolas.Sobretudo desde que a tendência é extinguir as cozinhas e optar pelo catering. E outro dado, há crianças com fome e não são tão poucas como isso.

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____