11 comentários:
De Inspector Jaap a 19 de Fevereiro de 2012
Caro Bic:

Penso que está mesmo a gastar cera com má defunta, sim, defunta porque inexistente intelectualmente.
Se a dama em apreço (sem qualquer apreço, diga-se) é professora de português (nem percebi o que é que leccionava antes da tal licença sem vencimento) deveria saber que uma língua é uma ciência normativa, e não o resultado insano duma arbitrariedade bichada e amacacada desde a génese, como este aborto, ao qual, como muito justamente salientou, ela aderiu alegremente, apesar das pseudo críticas timidamente ensaiadas... está, por certo, a preparar o seu acesso ao gamelo ... enfim (mais) uma invertebrada que ainda não se deu conta de que o bom Deus lhe concedeu apenas uma meia dúzia de neurónios, metade dos quais em licença sem vencimento.
Já se imaginou o que seria, se estas alimárias, ao invés de obrarem sobre a Língua Portuguesa, estivessem no pelouro do trânsito? A partir de Janeiro de 2012, data da aprovação da resolução da AR, a circulação rodoviária pelo lado direito ficará reservada apenas aos pesados e os ligeiros já poderão circular pelo esquerdo até 2015, data em que todo o tráfego se fará só por este último... genial, não?
Cumprimentos e parabéns pelo suculento naco de prosa com que nos presenteou neste verbete, mas que a dama não merece de todo em todo... é mais um caso de "dar pérolas à porca".
Topas, ou já perdeste o "h" do nome? e, já agora, quando chegares a 2015, não te esqueças do acento circunflexo na penúltima sílaba... a bem da conformidade sonora.
De Bic Laranja a 19 de Fevereiro de 2012
Azar do jornal que tem de se prestar a estes fretes por parecer plural. Mas o caso não é de debate, especialmente depois da maneira sinuosa de impor o «coiso». Melhor seria assumirem lá no jornal, em sã consciência, o dever de responsabilidade como jornal de referência na comunidade e passarem à campanha activa de recolha das assinaturas necessárias. Campanhas beneméritas de sempre dignificaram os periódicos que as levaram a cabo.
Por mim, fiz-me assinante por imperativo moral. D' «O Diabo» também.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 20 de Fevereiro de 2012
Tem o caro Bic toda a razão... de facto, nem se percebe por que é que ainda o não fizeram... quando esta Peste Negra intelectual for erradicada (e há-de sê-lo) terá o "Público" a oportunidade de ser lembrado como um dos jornais da Resistência, e isso, por si só, já é de monta; seria óptimo que os seus directores pensassem nisso. E, já a gora: não será que a sua tiragem já aumentou? Se forem todos como eu, sim, que, mesmo sem assinatura, só leio o que se publica em Português.
Cumpts
De zefp a 20 de Fevereiro de 2012
e continuam as alarvidades em "respeitosas" folhas da actualidade:
http:/ aeiou.expresso.pt jogador-atropelado-pelo-proprio-carro-para-seis-meses =f705667

Cumprimentos
De Inspector Jaap a 20 de Fevereiro de 2012
Caro Zepf:
Quere-me parecer que tem alguns problemas de hermenêutica: o que essas alimárias escreveram, é que os jogadores de futebol, por norma compram carros para 3 meses, e depois trocam-no; ora, neste caso, a notícia não é o atropelamento em si mesmo, mas o facto deste ter acontecido com um carro em véspera de abate, ou seja, para 6 meses de uso, o que indica que o atropelado não será dos que ganham mais...
Espero ter ajudado!
Cumpts
De Luísa a 20 de Fevereiro de 2012
Eu gostei do comentário de um(a) leitor(a):

"Assim, há quem não pare para pensar e há aquele que para para pensar (o gago).... ou será que pára para pensar? (o sensato)"

Que fazer?!?!
De Bic Laranja a 21 de Fevereiro de 2012
:) Cumpts. a todos.
De PALAVROSSAVRVS REX a 21 de Fevereiro de 2012
Temos de continuar a bater no ceguinho. Eu não desisto de combater o 'acordo' merdortográfico, aliás criminoso, aliás, abominável.
De Bic Laranja a 23 de Fevereiro de 2012
Ninguém desiste. Os acorditas hã-de-se vergar à justiça da nossa razão.
Cumpts.
De Orlando Braga a 23 de Fevereiro de 2012
A Helena Topa que não topou nada...!
De Bic Laranja a 23 de Fevereiro de 2012
Já experimentou guglá-la?
Cumpts.

Comentar