21 comentários:
De Zephyrus a 29 de Fevereiro de 2012
Ditadura do «politicamente correcto».
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Ditadura, não. Democracia, s.f.f.
Cumpts.
De [s.n.] a 29 de Fevereiro de 2012
Não sei o porquê de tantos pruridos com esse vocábulo. É bem melhor do que os outros quatro sinónimos. Estas novas modas de empregar estrangeirismos de todo o género e feito, a torto e a direito, que aterraram em Portugal com e na boca dos abrileiros cujo objectivo único era dar início ao desvirtuamento da língua portuguesa para, após o tempo julgado oportuno, darem à luz o aborto ortográfico dando origem à novilíngua que eles tanto adoram e praticam. Tudo o que seja destruir Portugal por todas as vias possíveis, incluíndo tradições e práticas quase milenares, pr'além do nosso segundo bem maior, a língua, aí eles estão sempre prontos para pôr as mãos à obra.

Aliás trata-se de um disparate de todo o tamanho empregar o vocábulo "gay" para designar um maricas ou paneleiro, porque até talvez aos anos 70 (anos do LSD em força e que provàvelmente lhe deu origem, embora erradamente), nos Estados Unidos a palavra "gay" significava "alegre", "jovial", "de bom humor". Tenho cá em casa um disco (L.P.) de um tenor norte-americano que gravou algumas canções populares nos anos 50 cuja letra de uma delas contém o vocábulo "gay" com o valor de "alegre" ou "de bom humor". Por conseguinte essa americanice não tem cabimento no nosso dialecto escrito ou falado, por duas razões: a primeira é que ela significa de facto "ALEGRE"/"JOVIAL" e não homossexual; a segunda, porque ela é desprovida de sentido numa língua com um vocabulário riquíssimo como é a nossa, em que há tradução para pràticamente todos os estrangeirismos.

Só há algumas raríssimas excepções, que as há em tudo e em todas as línguas, mas na sua enormíssima maioria, a par de um ou outro anglicismo e/ou francesismo há SEMPRE o respectivo aportuguesamento destes ou mesmo, se se quiser, a completa tradução em sua substituição.
Maria
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Outra porcaria que cá não fazia falta eram as bichas.
É precisa uma paciência!
Cumpts.
De [s.n.] a 29 de Fevereiro de 2012
Completamente d'acordo.
Maria
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2012
Maria, não se esforce que essa gentinha é toda dura de ouvido. E agora, ao que sei, importam tudo quanto seja "amaricano ”, e vai de espetar dos “dicionários”
Que raio de sorte a nossa!
Cumprimentos
De C. a 29 de Fevereiro de 2012
Uma coisa é o politicamente correcto, que é lamentável. Outra, diversa, é não se usar linguagem de carroceiro.
Bem fez o «Cachimbo» em não permitir essa falta de gosto. E se a linguagem chula parece ser, à primeira vista, politicamente incorrecta, acaba por ser uma aliada objectiva do correctismo, ao vir proclamar que tudo é permissível.
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Também acho que os do Cachimbo fizeram bem. Mesmo se não achasse o blogo é deles... Não reclamo disso aqui, usei-o como introdução (salvo seja) ao que vem depois. O calão.
Pois o calão não é aliado de nada a não ser de mau modo e de canelada. A paneleirage' (vamos dizer assim que sempre é mai' brando) já cansa. Enfada. Farta. Enjoa. Reclama num carnaval de birras todo o santo ano por tudo e mais alguma coisa. - E não vejo já, no ponto a que a pocilga social chegou, do que se queixam. - Os heterossexuais têm tempo de antena por isso? - Não. A paneleirage' tem. Os solteiros e os casados reclamam da adopção? - Não se sabe, mas da paneleirage' sabe-se. Não há maneira de nos desampararem a loja com uma ínfima fracção de primatas caprichosos e de gosto extravagante; parece que é só o que há. Pois se o mau gosto é só o que há, rejeite-se-o afrontando-o do mesmo modo taful com que a paneleirage' afronta. Cada um desafronta-se como lhe calha. Viva a libertinagem! Não é o que querem?
De C. a 29 de Fevereiro de 2012
Assim como condenamos que o homossexualismo activista pretenda equiparar-se à heterossexualidade - casamentos e adopções são meros pretextos para tal - assim o uso de baixo calão não é comparável a uma linguagem cuidada.
Não tem graça, é descer ao lameiro. Acho que tem o dever de respeitar quem aqui vem e, sem aviso, se vê confrontado com linguagem desse jaez. Penso principalmente em senhoras.
É altura de começarmos a tentar fazer força para cima. Foram muitos anos de rufias, escusamos de lhes continuar a imitar os plebeísmos.
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Não foi para ter graça. Foi para adjectivar seriamente e com propriedade o lameiro, como há-de ter compreendido. Lamento o melindre. Quem me conhece o blogo há-de saber sopesar este texto.
Cumpts.
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Dou-lhe razão, porém, que é preciso elevar o nível. Sabe como meter isso na tola dos da agenda mediática?
Cumpts.
De C. a 1 de Março de 2012
Não sei. Mas se todos ajudarmos acaba-se por mudar o tom.
De Bic Laranja a 1 de Março de 2012
Vamos esperar que sim.
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2012
Caro C.
Não tendo qualquer procuração do caro Bic , nem tal sendo necessário, permito-me concluir que não é leitor assíduo deste espaço de altíssima cultura e erudição pela parte que lhe, a ele, diz respeito, bem assim como um bom punhado de leitores fieis, entre os quais me não conto, por não estar a esse nível, e que, o que quero é aprender alguma coisa e partilhar o meu amor à Língua Portuguesa com todos vós, o meu caro amigo incluído.… Uma ocasional brejeirice não justifica tal acrimónia... sem lhe tirar a razão.
Cumprimentos
De 1143 a 29 de Fevereiro de 2012
Acabo de ler duas noticias curiosas no mínimo
só para lhe dar conhecimento
"Brasil: Autoridades pedem tradução de passaporte a português"
http://www.destakes.com/redir/c5351f44b47eccc2c4944ee113c86000

"Publicidade do Azeite Gallo acusada de racismo no Brasil"
http://www.destakes.com/redir/ec9958bbec315ff6dee0e4dc520c41a0

só porque mencionam que a garrafa é de vidro escuro
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Segundo ouvi também os ciganos querem proibir o dicionário Houaiss que define «cigano» como de pouca confiança. também é racismo.
Muito gostam os estúpidos de judiar com a inteligência. Foi com gente assim que unificaram a grafia do idioma, não foi?
Cumpts.
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2012
Notavelmente ácido e corrosivo… mas, para não variar, tristemente verdadeiro; só não vê quem não quer.
Cumpts
De Bic Laranja a 29 de Fevereiro de 2012
Notícia em português no Correio da Manhã.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2012
Caro 1143:
É o delirium tremens
Edepois, somos nós os racistas; nóis pega os peiche
Cumpts
De Orlando Braga a 1 de Março de 2012
É, de facto, um problema...

http://bit.ly/w2lcVN
De ASeverino a 4 de Abril de 2012
Atão e porque é que eu não posso casar com uma mula? inda nem percebi bem porquê?

Comentar