9 comentários:
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2012
Admirável hermenêutica, cara Maria… qualquer coisa que acrescentasse seria para estragar, pelo que subscrevo tudo na íntegra.
Só uma nota: essa gentinha baba-se a proferir barbaridades completamente idióticas e sem qualquer conteúdo, mas que lhes provocam um verdadeiro deleite; de facto trata-se apenas de (mais) uma das muitas idiossincrasias que caracterizam essa mediocridade locomovente, pelo que não se deve surpreender com dislates do tipo que mencionou:
“ a pele é a aparência do corpo” … a pobre criatura temente a Deus(???) estava a pensar certamente nas próprias fuça, pois que mais?
Cumprimentos e parabéns pelo comentário
De [s.n.] a 2 de Março de 2012
Agradeço-lhe as bonitas palavras que, acredite, desmereço.
Mas se um único leitor achar que a minha modesta contribuição pode trazer uma, ainda que ínfima, mais valia a este magnífico espaço blogosférico, então tudo quanto escreva já valerá a pena. Porque, se mais não fora, não só me deixa feliz como me faz bem à alma*.
Maria

* O autor deste espaço sabe o porquê de eu usar esta expressão e, no que à minha pessoa se refere, o seu real significado.
De Inspector Jaap a 3 de Março de 2012
Nem a contribuição é ínfima, nem eu sou, certamente, o único a ter essa opinião.
Cumpts

Comentar