29 comentários:
De JPG a 22 de Março de 2012
Uma ideia simplesmente genial, esta de João Ricardo Rosa (http://www.facebook.com/JoaoRicardoRosa). Em especial porque é de uma simplicidade assombrosa e... nunca tinha ocorrido a mais ninguém.

O meu teste deu mais uma imagem que, palpita-me, é bem capaz de pôr os cabelos em pé a uns quantos, no caso aos acordistas d'A Bola: http://bit.ly/GLY8UT
De Bic Laranja a 22 de Março de 2012
Ainda assim não vejo solução para o para/pára (fica o desafio ao João Ricardo Rosa...)
Mas que dá gozo ver os boleiros reconvertidoas à «selecção» que flacidamente enjeitaram, dá.
Ou que dizer do irmão supremo do saco de plástico dissolver-se além da própria nulidade entusiasta dos seus nulíssimos argumentos quando o lemos em português... - Aquele parágrafo do «espectador» e do «espectador» mais parece assim coisa de tontinho. Mas nem isso nem a «infracção» do tio de Brás Cubas precisava de ser vertida em acordo aos mandamentos do português para lho percebermos; sucede só que sem tropeçar na grafia brasileira não nos distraímos.
Cumpts.
De João Ricardo a 22 de Março de 2012
Olá. Infelizmente há casos que nem esta pequena maravilha consegue "arranjar", como casos que dependam do contexto, como é exactamente o caso do para/pára.

Já agora que estou a escrever aqui, aproveito para avisar que já comecei o processo de tornar isto mais público. Neste momento estou a transcrever as actuais entradas do dicionário para tabelas de modo a tornar o mesmo mais fácil de gerir e evitar erros, repetições e redundâncias, como as que já encontrei até ao momento e que já foram sanadas. Dito isto, durante este processo aproveito sempre para actualizar o ficheiro público do dicionário, de modo a que quem o usa vá tendo sempre a versão "sanada".

Quando acabar isto vou reorganizar o dicionário para reflectir a melhoria de gestão que é possível com estas tabelas e depois será criar um site ou página para tornar este projecto realmente abrangente e que permita a "ajuda do povo".

Até lá, agradeço imenso a atenção e publicidade que estão a dar a esta situação toda. :-D
De Bic Laranja a 22 de Março de 2012
Quem agradece sou eu. E todo louvo-lhe o empenhado labor. Com ele poupa-me a vil afronta que traidores ignaros e sem escrúpulos fizeram. Tê-los reeditados agora assim na rede é como cuspir-lhes de volta.
Quem dera que desse uma diarreia de consoantes ao lince... Uma dessas viroses.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 23 de Março de 2012
E eu...
É consolador ver que ainda há portugueses dignos desse nome ... o meu bem-haja, que vou já proceder em conformidade... e, já agora, não arranja nada para as miserandas legendas de alguns canais (cloacas, mais propriamente) de TV?
:)
Cumpts
De João Ricardo a 23 de Março de 2012
Também estou à espera dum filtro desses para a televisão xD

O mais parecido que se consegue é usar este add-on para "desabortar" legendas em ficheiros de textos, daquelas usadas para ver vídeos legendados no computador :P

Até lá, resta recolher assinaturas e tentar conseguir visibilidade nos meios mais mainstream
De João Ricardo a 22 de Março de 2012
(Bem me parecia que me tinha esquecido de dizer alguma coisa)

No início do post escreveu "depois marquei os três piscos que havia para marcar (o do campo onde lancei a URL e os dois de «substituir... substituir...»."

NÃO FAÇA ISTO PARA O ÚLTIMO! O de substituir endereços, ou seja, aquele que tem o Aviso indicado! Este NÃO deve estar nunca marcado, porque fará isso mesmo, alterar o código da página, ou seja, haverá a potencialidade de se criarem links quebrados.

Por exemplo, imaginemos que havia uma página com o sequinte link : www.eugostodoacordoortografico.pt direto.html . Se a tal caixinha estiver marcada, o link passaráa ser www.eugostodoacordoortografico.pt direCto.html e, como essa página (provavelmente) não existe, o link deixará de funcionar.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

(Bem me parecia que me tinha esquecido de dizer alguma coisa)<BR><BR>No início do post escreveu "depois marquei os três piscos que havia para marcar (o do campo onde lancei a URL e os dois de «substituir... substituir...»."<BR><BR>NÃO FAÇA ISTO PARA O ÚLTIMO! O de substituir endereços, ou seja, aquele que tem o Aviso indicado! Este NÃO deve estar nunca marcado, porque fará isso mesmo, alterar o código da página, ou seja, haverá a potencialidade de se criarem links quebrados. <BR><BR>Por exemplo, imaginemos que havia uma página com o sequinte link : www.eugostodoacordoortografico.pt direto.html . Se a tal caixinha estiver marcada, o link passaráa ser www.eugostodoacordoortografico.pt direCto.html e, como essa página (provavelmente) não existe, o link deixará de funcionar. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bottom</A> line : não activar a última caixa de verificação :-)

Comentar