11 comentários:
De [s.n.] a 5 de Outubro de 2012
Uma pequena, enorme, maravilha!
Maria
De Inspector Jaap a 5 de Outubro de 2012
Tem razão, Maria!
Lamentàvelmente (sei que percebeu esta) já lá não vou, faz (demasiado) tempo; e tenho saudades, já que tais visitas me trazem à memória tempos mais felizes.
Cumpts
De [s.n.] a 6 de Outubro de 2012
Já estive várias vezes no Palácio da Ajuda assim como nos de Sintra, mas, por isto ou por aquilo, ainda que tenha passado mesmo em frente deste Palácio inúmeras vezes, uma das quais com o firme propósito de lhe fazer uma visita, infelizmente estava fechado ao público. Porém tenho visto muitas fotos do seu interior e este é de facto um assombro. As semelhanças são muitas com o de Versalhes, no qual aliás foi inspirado.
Cumprimentos também para si.
Maria
De Bic Laranja a 13 de Outubro de 2012
E há a Escola Portuguesa de Arte Equestre -- pelo menos enquanto a não movem para animar os tristes de Belém, ocupando o Museu dos Coches.
Os treinos eram de manhã, de semana; exibição aos sábados de Maio a Outubro, parece-me.
Cumpts.
De [s.n.] a 13 de Outubro de 2012
Fui ver a ligação que deixou. Vi o primeiro vídeo e aproveitei para ver mais uns poucos. Uma absoluta maravilha. Estamos perante a beleza em movimento. A harmonia e a perfeição daquela exibição, fruto da mestria dos cavaleiros, é qualquer coisa! Já tinha visto na televisão exibições deste género mas nunca me canso, nem podia, já que sou uma admiradora incondicional da Arte Equestre. Arte que pratiquei durante um tempito em Inglaterra, em tempos que já lá vão.

Os terrenos que cita, por detrás do Museu dos Coches onde ainda se pratica esta Arte, pertencem ao Palácio de Belém, não é verdade?
Maria
De Bic Laranja a 13 de Outubro de 2012
Refiro-me ao próprio museu, que é o picadeiro real. A Rainha D.ª Amélia destinou-o a museu das carruagens reais para que se não perdesse esse tesouro. Mas como o régulo Sócrates e a corte destinaram mudar-se o museu para a esquina deante para poderam apresentar obra (o Sócrates é engenheiro de obras feitas, como sabemos), sobra poder-se reaproveitar o picadeiro do real paço de Belém para picarias.
O Sócrates parece-me moço dado às cocheiras e como tal não perdeu hábitos de estrebaria.
Cumpts.
De [s.n.] a 14 de Outubro de 2012
Pois, eu sei. Mas referia-me aos terrenos/jardins pròpriamente ditos, que devem ser vastíssimos, pertencentes ao Palácio de Belém e que, creio, se situam paredes-meias com o Museu/antigo picadeiro, que conheço.
Estranhamente, que eu tenha reparado, nunca mostram esses jardins em filmagens ou fotos, contràriamente aos, por exemplo, de Queluz que são filmados frequentemente.
Maria
De Bic Laranja a 16 de Outubro de 2012
Conheço mal o paço de Belém. Há lá presidentes da República.
Cumpts.
De [s.n.] a 17 de Outubro de 2012
Tem toda a razão..., todos os que por lá têm passado nestas últimas quatro décadas, têm sido presidentes da república minúsculos.
Maria
De [s.n.] a 17 de Outubro de 2012
"Sócrates... moço dado às cocheiras... não perdeu hábitos de estrebaria".

Ahahahahahah
De [s.n.] a 17 de Outubro de 2012
Esqueci-me d'assinar o comentário acima..., sorry:)
Maria

Comentar