4 comentários:
De João Amorim a 16 de Agosto de 2012
Um livro excelente. Um dos que mais gosto de Camilo, escrito com sabor a novela teatral que nos leva a alguns tiques ainda presentes na nossa sociedade involuída.
De Bic Laranja a 16 de Agosto de 2012
Camillo sempre captou muito bem esses tiques. Lia a sociedade como nenhum sociólogo. Lia os seus actores como nenhum psicólogo. E escreveu magistrais relatórios que não figuram hoje em nenhum currículo escolar. A involução em todo seu esplendor, hem!
Cumpts.
De tron a 18 de Agosto de 2012
Se não temos Byron a beber e bem no Nicola, local que eu recomendo em termos de beber uma bica decente em Lisboa; basta então haver algum duelo entre um clube pseudo-português de Lisboa e um clube do norte da Europa para ver todos a beber na baixa, Nicola incluído então os ingleses vão sempre bem bebidos e seguindo este pensamento, é o futebol que nos anda a civilizar (pelo menos em parte) porque local onde os ingleses bebem é lugar civilizado
De Bic Laranja a 18 de Agosto de 2012
Brilhante reflexão.
Cumpts.

Comentar