De Tiago a 27 de Agosto de 2012
Boa noite
Tenho uma questão que já me intriga à algum tempo, e talvez possam ajudar-me.
O meu 4º avô vivia, em 1854, no largo do chão da feira, nº2, 2º andar. Ora, já tendo andado a passear pelo local, reparei que as casas/prédios da rua actual só têm números ímpares, e onde deveriam estar os números pares está a muralha que se vê na fotografia e se prolonga até ao final dessa rua.
Será que as "casas pares" foram demolidas?
De Bic Laranja a 28 de Agosto de 2012
É provável que houvesse casas encostadas ao muro, sim. Os antigos faziam muito isso poupando na alvenaria. Praticamente toda a cerca moura e a Fernandina que resta jazem assim, de tardoz.
A ver se lhe descubro algo mais...
Cumpts.
De Tiago a 28 de Agosto de 2012
Agradeço-lhe.
Eu ainda pensei que pudessem ter sido demolidas durante as grandes obras do castelo nos anos 30-40 (?). Mas essa e outras fotos do mesmo arquivo mostram que já não existiriam casas nesse local no príncipio do séc. XX.
A verdade é que não sei se alguma vez existiram casas aí encostadas, e quando lá estive, perguntei a alguns lojistas, e nenhum me soube esclarecer onde estão os números ímpares... E esta, ein?
(talvez o carteiro me pudesse ajudar :) )
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.