13 comentários:
De Joe Bernard a 7 de Setembro de 2012
Lembram-se desta notícia???

Empresa pediu caução de 10 mil euros a ciganos para arrendar casas de férias.

Para os mais indignados, digo hipócritas, foi por causa disto:

"Há dois anos, os sócios da empresa decidiram-se por esta exigência, depois de, em casas alugadas a clientes de etnia cigana, terem desaparecido todos os eletrodomésticos e até os cortinados"


De Bic Laranja a 7 de Setembro de 2012
Respondo-lhe com a citação em adenda. Parece que o antigo «burro do cigano» se emancipou, matriculou-se na faculdade e deu em pensador. Deu-nos o irracional como politicamente correcto.
Cumpts.
De Altamirano a 9 de Setembro de 2012
Uma empresa pede uma caução de 10 mil euros para arrendar casa aos inocentes anjos ciganos? «Foi assim que o Hitler começou».
De Bic Laranja a 9 de Setembro de 2012
Tenha tino. Deixe-se de insinuações torpes.
De [s.n.] a 9 de Setembro de 2012
Estava a ser irónico...
De Bic Laranja a 9 de Setembro de 2012
Estava sim senhor. Não percebi.
Cumpts.
De André Correia a 13 de Setembro de 2012
Mas que grande cambalhota que o autor deste texto dá. \"Cultura\" e \"subcultura\", pode saber-se porquê? Havia uma visão, tonta, evolucionista, que pressupunha que alguns grupos não tinham história, cultura, à semelhança dos \"superiores\" que criaram a teoria e alimentaram a corrente em causa, incluindo com exterminios em grande escala. Que conveniente. Os ciganos, de que fala, são portugueses, e isso é o mais importante. As diferenças culturais existem mas são de outra ordem, não fazem \"uns\" serem melhores que \"outros\". Ao distinguir cultura de subcultura está a fazer uma definição qualitativa, a exercer um discurso dominante sobre um grupo em particular, quando não há nenhuma evidência, nenhum facto que sustente tal separação. É uma pseudo-comparação, morre à partida.
De Bic Laranja a 13 de Setembro de 2012
O autor, parece-me, já não leva emenda! Nem eu. Perde o seu tempo. Mas diga aos ciganos que são portugueses. Pode ser que convença alguns que isso é lhes serve para mais do que habitaçã' sociáli -- isso teria mérito! -- Convide-os à sua casa e recite-lhes a arenga igualitária que aí deixou. Também pode ser que os industrie no dever de pagarem a renda da habitaçã' sociáli mai-la conta da água e da luz.
Depois disto torne cá a dizer do conseguiu. Pode ser que ganhe uma cenoura.
Cumpts.
De André Correia a 13 de Setembro de 2012
Os ciganos a \"fazerem maldades\" como refere o autor, seria um fenómeno interessante, uma notícia, se os restantes humanos não as fizessem. É assim que pensa? É essa a sua visão do mundo?
De andré a 13 de Setembro de 2012
Tem piada, já convidei e já tive ciganos em minha casa, a dormir e a comer, tal como já estive em casa de ciganos e comi com essas famílias. Também,já acampei com ciganos, e já tive o prazer de dormir alguns duas num acampamento cigano. Não vi nada que não se veja noutros sítios, com ou sem ciganos. Não sei em que experiências se baseia para dizer o que diz, pode concretizar?
Em relação à conversa \"habitação social\",acho engraçado que nivele por baixo. Como se agora todos fôssemos habilitados a habitação social porque até os ciganos têm esse direito. Cheira-me a inveja. Pior, porque devia conhecer um pouco da história dos ciganos, dos portugueses em particular, dos últimos 500 anos, para perceber o alcance dos danos causados a um povo por uma visão e uma posição hegemónicas de uma maioria, ou por parte dessa maioria, racista e que cultivou séculos de perseguições, tortura, tentativa de extermínio (etnocidio) decretados em lei, ou seja o que hoje é reconhecido por crime de Estado.
Quando diz que perdemos tempo, há uma diferença: eu não creio que se escreva em vão. Nem eu nem você nem ninguém.
De [s.n.] a 13 de Setembro de 2012
«Tem piada, já convidei e já tive ciganos em minha casa, a dormir e a comer, tal como já estive em casa de ciganos e comi com essas famílias. Também,já acampei com ciganos, e já tive o prazer de dormir alguns duas num acampamento cigano. Não vi nada que não se veja noutros sítios, com ou sem ciganos.»

OK, a gente finge que acredita.
De andré a 13 de Setembro de 2012
Só isso? É fraco, não chega
De Bic Laranja a 13 de Setembro de 2012
@ André Correia,
Parabéns pelo seu empenho.

Comentar