De André Correia a 13 de Setembro de 2012
Mas que grande cambalhota que o autor deste texto dá. \"Cultura\" e \"subcultura\", pode saber-se porquê? Havia uma visão, tonta, evolucionista, que pressupunha que alguns grupos não tinham história, cultura, à semelhança dos \"superiores\" que criaram a teoria e alimentaram a corrente em causa, incluindo com exterminios em grande escala. Que conveniente. Os ciganos, de que fala, são portugueses, e isso é o mais importante. As diferenças culturais existem mas são de outra ordem, não fazem \"uns\" serem melhores que \"outros\". Ao distinguir cultura de subcultura está a fazer uma definição qualitativa, a exercer um discurso dominante sobre um grupo em particular, quando não há nenhuma evidência, nenhum facto que sustente tal separação. É uma pseudo-comparação, morre à partida.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.