13 comentários:
De andré a 13 de Setembro de 2012
Tem piada, já convidei e já tive ciganos em minha casa, a dormir e a comer, tal como já estive em casa de ciganos e comi com essas famílias. Também,já acampei com ciganos, e já tive o prazer de dormir alguns duas num acampamento cigano. Não vi nada que não se veja noutros sítios, com ou sem ciganos. Não sei em que experiências se baseia para dizer o que diz, pode concretizar?
Em relação à conversa \"habitação social\",acho engraçado que nivele por baixo. Como se agora todos fôssemos habilitados a habitação social porque até os ciganos têm esse direito. Cheira-me a inveja. Pior, porque devia conhecer um pouco da história dos ciganos, dos portugueses em particular, dos últimos 500 anos, para perceber o alcance dos danos causados a um povo por uma visão e uma posição hegemónicas de uma maioria, ou por parte dessa maioria, racista e que cultivou séculos de perseguições, tortura, tentativa de extermínio (etnocidio) decretados em lei, ou seja o que hoje é reconhecido por crime de Estado.
Quando diz que perdemos tempo, há uma diferença: eu não creio que se escreva em vão. Nem eu nem você nem ninguém.
De [s.n.] a 13 de Setembro de 2012
«Tem piada, já convidei e já tive ciganos em minha casa, a dormir e a comer, tal como já estive em casa de ciganos e comi com essas famílias. Também,já acampei com ciganos, e já tive o prazer de dormir alguns duas num acampamento cigano. Não vi nada que não se veja noutros sítios, com ou sem ciganos.»

OK, a gente finge que acredita.

Comentar