8 comentários:
De Inspector Jaap a 14 de Setembro de 2012
Catancho que eu não arranjava melhor! Olé.
Cumpts
De Bic Laranja a 14 de Setembro de 2012
Enquanto se não apaga a tradição...
Cumpts.
De A. a 14 de Setembro de 2012
Quando o país se endividava como se não houvesse amanhã....não me recordo de indignações.

Anos a fio (especialmente a partir da entrada no Euro), enquanto a situação financeira do país se encaminhava para o inevitável desenlace....não me recordo de indignações e, muito menos, de manifestações.

Corria a rodos, pois....
Agora que é repciso pagar as dívidas todos se indignam e a nano-micro e pequena burguesias, tadinhas, vão desfilar em manifs de indignação.
Verberam o governo, os impolutos, como se nada tivessem a ver com o desvario e o despautério de décadas.
A culpa, claro, é de Passos Coelho.
Quem mais?!


Felizmente ACABOU-SE!

Que se lixe a "Troika"!
Queremos "não-sei-qu~e-não-sei-que-mais" de volta?
(ah pois querem, os tachos e o crédito barato, pois)

Pessoalmente acho muito bem que se "lixe a Troika", que SEMPRE fui contra a entrada no Euro.

Queriam continuar o desvario?!
Temos pena mas já ninguém nos empresta mais "pilim".
Os tempos de andar a brincar aos ricaços acabaram.
Quisemos ser como outros na Europa sem termos os meios de sustentação que els têm.
Tinhamos, tão só, crédito. Findou! Foi-se!
A famigerada "Troika" pois que se lixe. Muito bem.
Mas assuma-se, de uma vez por todas, a consequência disso: o Escudo.

Ah! Gelaram!?
Os que agoram parecem baratas tontas desde há uns dias GELAM perante uma única palavra: Escudo!
Estão nervosos!
Temos pena!
Perante o inevitável desenlace (ou será que tão ínclitos patriotas preferem aalternativa: o "federalismo"?!) desejo a todos um bom Escudo.

Numa Nação que, na realidade, está privada de Elites desde 4 de Agosto de 1578 (com breves interregnos de alguns Bravos) nada disto me surpreende.
Há apenas o merecido, pois os governantes são o reflexo dos governados (e não o oposto).

É a vida!
Habituem-se!
De Bic Laranja a 14 de Setembro de 2012
Eh lá! Vamos com calma.
Em 1578 não havia cá «élites», que isso só se encarrapitou no português no fim do séc. XIX. Nesse tempo havia fidalguia.
Tornar ao escudo era uma boa ideia. Ao real soa ainda melhor. O caso é que Portugal acabou; fidalguia já estava acabado em 1820e o povo, esse que D. João II dizia ser como a sardinha, pois nem de conserva se o há-de agora achar. Vagueiam aí uns esquerdóides transvestidos e uns europrimatas a macaquear o estrangeiro.
Olhe! Esse Pedro Coelho que veio cá defender é um deles.
Cumpts.
De ASeverino a 20 de Setembro de 2012
E a culpa não é dos Governos? deste e de todos os outros (anteriores)? Mas não são eles que recebem (e se recebem) para governar? não me digas que a culpa é das pessoas???
Então não é deste gatuno que lá está e do outro que parece estar a viver à grande e à francesa (na respectiva capital - a cidade das luzes)? então a culpa é de quem recebe uns míseros vinténs para trabalhar (se o houver)?
Então não está no governo o tal dos submarinos que os nossos netos ainda estarão a pagar quando forem avôs? então não é deste governo de aldrabões que tem como referência -o Relvas- vígaro ? então é de quem?

E o pai da democracia? o da Fundação que recebe milhões??? então a culpa não é destes gatunos?
De tron a 17 de Setembro de 2012
Meu caro amigo, ao colocar o zé povinho ainda é pouco porque o Sr. Coelho merecia era uma daquelas garrafas das Caldas que têm aquela forma peculiar.
Em relação ao regresso ao escudo seria uma ideia bem vista porque pelo menos mandávamos no nosso dinheiro e não seria a senhora Merkel
De Bic Laranja a 18 de Setembro de 2012
Cuido que tem razão nas duas coisas.
Cumpts.
De ASeverino a 20 de Setembro de 2012
Oh A. e que me dizes à Presidente da Assembleia da República (sim é da tua quadrilha, da quadrilha do Passos); reformada e a mamar a mamar, e o pai da democracia a mandar bocas...sim esse mesmo o da fundação (para mamar aos milhões) e tem a lata de mandar bocas...e o outro, o sogro daquele que estava falido e comprou agora o Pavilhão Atlântico por 28 milhões, repito 28 milhões, então mas estes gajos não têem quesão presos (sogro e genro incluídos. naturalmente)...

Comentar