2 comentários:
De Inspector Jaap a 10 de Janeiro de 2013
Com algum embaraço pelo atraso, sempre lhe digo que tenho muitas saudades do tempo em que os mares eram de todos (ou não tinham dono) e que podíamos pescar (ecologicamente, diga-se de passagem) o «fiel amigo» sem termos os federastas da EU a decidir qual a quantidade e tipo de cura do dito é que podemos comer; fomos bem «comidos» como está bom de ver!
Cumpts e votos de Esperança, já que o fim desta provação há-de chegar.
De Bic Laranja a 22 de Dezembro de 2013
:)
Cumpts.

Comentar