Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012

Ora aqui está o que é...


Luís Carlos Prates, O pútrido &c.
(Versão traduzida e legendada do brasileiro.)

E o que devia ser

« A língua ou idioma de um povo não é propriedade ou está subordinada ao controle de ninguém que não seja o próprio povo que a criou, que a fala, modifica, transforma e enriquece à medida em que cria, modifica, ou ainda assimila de outras línguas novos termos, promovendo com isso e por si só a constante evolução da sua língua... A Língua Portuguesa é um património do povo português, e não do governo português, e muito menos ainda de qualquer clube, agremiação ou academia pretensamente inserida no controle de qualquer faceta deste Património Nacional... É SIM UM PATRIMÓNIO NACIONAL E NÃO UM PATRIMÓNIO ACADÉMICO, E MUITO MENOS GOVERNAMENTAL. E ninguém, absolutamente ninguém tem o direito de negociá-la ou fazer qualquer acordo referente a ela com quem quer que seja. Os brasileiros não tem o direito de impor absolutamente nada na língua dos portugueses. E se não estiverem satisfeitos com a forma com que os portugueses a falam e escrevem, que regulamentem a língua falada no Brasil (esta língua em que estou escrevendo por viver aqui há mais de 50 anos)... se tiverem capacidade para isso... O que está ocorrendo é que os brasileiros não tem (suponho) capacidade para regulamentar a sua língua e optaram por tentar assumir o controle do Português já regulamentado e prontinho. Por outro lado, não sei porque interesses (escusos?) os portugueses acordistas estão tratando de vender a nossa língua, este património do povo português, como se ela fosse mera e vil prostituta... -- Cambada de canalhas!!!!!!!!!»

(Nuno Augusto Pontes, Osasco, no livro das fuças.)

Escrito com Bic Laranja às 18:00
Verbete | comentar
13 comentários:
De marcos Pinho de Escobar a 29 de Dezembro de 2012
Pavoroso! Melhor seria pôr tudo isso em "prates" limpos!
Abraço amigo.
De Bic Laranja a 30 de Dezembro de 2012
Prates limpos não deve ser possível. Mas ele que faça lá o «brasileiro» que sempre desampara a loja.
Bom anno nôvo!
De marcos Pinho de Escobar a 31 de Dezembro de 2012
Obrigado! E para si e todos os seus um Feliz 2013!
De Júlio Amorim a 31 de Dezembro de 2012
Acordos....para acordar !!!!

http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=2970516&especial=Revistas%20de%20Imprensa&seccao=TV%20e%20MEDIA

Um melhor ANO NOVO para todos !
De Bic Laranja a 31 de Dezembro de 2012
Pois!...
Obrigado! São também os meus votos.
De Basilio Ramos a 1 de Janeiro de 2013
Ponha "canalhas nisso"Eu pergunto;onde estão os Portugueses de antes quebrar que torcer.Eles acabam sempre por aparecer,mas estão a tardar.
De Bic Laranja a 5 de Janeiro de 2013
Também me aparece. Pelo tempo da descoberta do Brasil punha Garcia de Resende estas trovas em Miscelanea:

Os Portugueses sohiam
ser nas armas muy destrados,
animosos ser sohiam,
os homens delicados
por fracos haviam.
Non lhes lembrava tractar,
nem muyto negociar;
Eram com pouco contentes,
com amigos, e parentes
costumavam folgar.

Depois foram tam polidos,
Tam ricos, tam atilados,
tam doces, e tam luzidos,
e tam cheos d' esmaltados,
cabelleiras e tingidos,
e em gastar desordenados,
e tantos trajos mudados,
tanto mudar de viver,
tanto tractar, revolver,
tanto ser negociados.

A ser negociados estamos.
Cumpts.
De DS a 2 de Janeiro de 2013

Ia jurar que no Brasil a língua Portuguesa é a que está em vigor...

E a língua Portuguesa não deveria ser um Património Mundial?

Abraços!
De Bic Laranja a 5 de Janeiro de 2013
Legalmente, sim. O brasileiro a que ele se refere é o crioulo da plebe. Não tiveram ainda coragem de o pôr na constituição. E o salivar em português escorreito deste Luís Carlos é ódio reles aos portugueses. No fundo ódio de si mesmo, que nem consegue exprimir-se senão em português.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 10 de Janeiro de 2013
Ora aí está, em tirar nem pôr!
Com estes miserandos bestuntos que mais não conseguem albergar que um ódio irracional a tudo o que é português, poder-se-ia espera mais? Certamente que não; ora, acontece que não é com massa desta que os feitores de além-atlântico alguma vez conseguirão criar uma língua sua, e, assim, mais fácil é apoderar-se na nossa, e crismá-la, não duvidem, com o labéu de «brasileiro» , com a miserável conivência destes Miguéis de Vasconcelos da cultura que cá temos.
Cumpts
De Bic Laranja a 11 de Janeiro de 2013
O vai nos bestuntos do lado de cá cabalmente resumido aqui.
Cumpts.
De cabo carvoeiro a 10 de Janeiro de 2013
Há dias encontrei o livro do Pessoa, O Desassossego, num site brasileiro, versão PDF , como tenho um IPAD , decidi copiar o texto completo do livro, para o colar no TTX da suite OPENOFFICE versão portuguesa, para o transformar no formato, EPUB , qual não foi a minha surpresa, quando comecei a corrigir certos defeitos do texto, eram detectados muitíssimos erros de ortográfica , como o meu português tem muitas lacunas, resolvi verificar as palavras ""ERRADAS"", no dicionário português (Porto Editora) que tenho no IPAD , resultado as palavras não estavam erradas não, simplesmente o dicionário que é atribuído ao OPENOFFICE, é o dicionário português brasileiro, ou seja a língua brasileira em que este palhaço tem tanto orgulho, é de uma miséria incrível , é preciso ser burro para falar desta maneira, como se a cultura de um povo se medisse em km2 , têm 2 litros de petróleo já se julgam uma potencia.
De Bic Laranja a 11 de Janeiro de 2013
Pois é. Agora imagine-se o escândalo que é um nativo de Portugal manifestar-se senhor do seu próprio idioma: o Português.
Cumpts.

Comentar

Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
17
19
21
23
26
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____