8 comentários:
De Joe Bernard a 23 de Janeiro de 2013
Quer queiramos ou não, eram tempos de uma certa ordem, em que a CML estava ao serviço de Lisboa e dos lisboetas, não ao serviço de caçar votos para as eleições...
De Bic Laranja a 27 de Janeiro de 2013
Lá isso pelos votos é que não era. E não se perdia nada, se se pode dizer.
Cumpts.

Comentar