10 comentários:
De Carlos Portugal a 1 de Fevereiro de 2013
Caro Bic:

Mas o menino não sabe que esta super-hiper-gramática tem «piscinas de óptimo», tá a ver?
É super-interessante, super-bem, super-sei-lá!
Afinal, é super-piroso, tudo isto...
Ou seja, no linguajar «dondórico» destes cretinos, afinal isto tem «Himalaias de péssimo»! (Tá a ver? Não há pachooorraaa!)

NOTA: para os amais arredados do dialecto das novas tias e tios, afinal ralé que ascendeu através de esquemas e quer imitar - caricaturando - uma certa classe, passo a explicar as expressões acima:
- «Piscinas de óptimo» : Piscinas é «bem», tá a ver? E óptimo é... óptimo!
- «Himalaias de péssimo» : Os Himalaias são grandes, percebe? E ficam perto daqueles horríiiveis bairros da lata da Índia... Por isso é péssimo!
Para os «tios», o sotaque é fácil, bastando para isso trocar os «erres» por «guês», como se tivéssemos um defeito na fala: Oga expeguimente!

Cumprimentos com «piscinas de óptimo»!
De Carlos Portugal a 1 de Fevereiro de 2013
«... mais arredados...» desculpe...
Cump.
De Bic Laranja a 2 de Fevereiro de 2013
Ahahahaha! Formidável!
Cumpts.
De Joe Bernard a 2 de Fevereiro de 2013
Ahahahah... óptimo!
De [s.n.] a 2 de Fevereiro de 2013
"Himalaias de péssimo" e "Piscinas de óptimo"

Ahahahahahah!
Maria
De Carlos Portugal a 2 de Fevereiro de 2013
Cara Maria, Caro Bic, Caro Joe Bernard:

É o que faz viver em «imersão total» nesta gente com «piscinas de óptimo» super-pirosas, aqui em Cascais... Tão a ver?

Cumpguimentos...

Comentar