6 comentários:
De Mario a 17 de Fevereiro de 2013
Visitando o site da empresa, na parte de Curiosidades, Curiosamente ainda se consegue ler Português tal deve ser escrito.

Cumprimentos,
Mario
De Bic Laranja a 18 de Fevereiro de 2013
Mera curiosidade. (Ao que chegámos!)
Cumpts.
De [s.n.] a 18 de Fevereiro de 2013
Eles mutilam tudo! Nem queira saber como se encontra a minha Pensão, sem braços, sem pernas, enfim, está quase por metade. Ah! ganda gatunagem!
De [s.n.] a 19 de Fevereiro de 2013
Mas será que estou a ver bem e aquela coisa onde está afixado o anúncio é uma 'instalação' (em madeira?, em plástico? em cortiça? em material descartável? representando o território português/mapa de Portugal? E aquilo foi ali colocado especìficamente para prantar o anúncio?...
Maria
De [s.n.] a 19 de Fevereiro de 2013
Claro que o meu comentário se referia ao tema anterior.

Mas e é permitido em plena Praça do Saldanha exibir um anúncio daquelas dimensões, abstraíndo o facto de estar disfarçado com a representação do mapa de Portugal? Isto seria impensável no anterior regime. Mas, lá está, contràriamente a este regime de oportunismo e de hipocrisia máximas, o Estado Novo pautava-se pela seriedade, pelo rigor, pela recta intenção e pelo respeito absoluto pela coisa pública.

Imagino as brutas contrapartidas que a Câmara de Lisboa terá recebido (ou seria melhor dizer, o seu presidente?) da L'Oréal de Paris - que gasta biliões em anúncios por tudo quanto é sítio, desde todas as televisões a todo o tipo de revistas e jornais de todos os países do mundo - por ter autorizado esta 'instalação' extemporânea? Isto só visto, contado ninguém acredita.
Maria

Comentar