28 comentários:
De Rosa a 3 de Junho de 2013
A minha alma está parva! :) E não é que eu morei naquele prédio do cantinho esquerdo da fotografia.
De Bic Laranja a 3 de Junho de 2013
O do fundo das escadinhas? Ficou com a entrada escondida por ter sido construído à cota da velha Az. do Areeiro (a Abade Faria; v. como esta azinhaga serpenteava e como o terreno era desnivelado a caminho do Areeiro). O desenho das rampas da Alameda com passeios largos foi implacável com o seu r/c.
Cumpts. :)

Comentar