14 comentários:
De DEGAS a 7 de Maio de 2013
Foi o meu livro da 4ª Classe em 1975
De Degas a 7 de Maio de 2013
2ªCLasse
De Bic Laranja a 7 de Maio de 2013
Tal como eu.
Cumpts.
De Zephyrus a 7 de Maio de 2013
Exame da quarta classe de acordo com o aborto:

http://downloads.expresso.pt/expressoonline/PDF/PF-Port41-F1-2013-Cad1.pdf
De Bic Laranja a 7 de Maio de 2013
Nem abro a remissão, há-de perdoar-me.
Cumpts.
De Bic Laranja a 7 de Maio de 2013
Afinal fui lá espreitar, de marcador encarnado para dar os quinaus. Não avancei para da parte A que me fazia mal. O texto mutilado do Público tem redacção dum indigente:
« Berlengas, arquipélago de ilhas e rochedos com encostas muito inclinadas.»

Ora vai uma. Arquipélago aprendi na minha primária que haviam de ser ilhas, mas rochedos?!... Desde quando calhaus meios submersos deram em se designar como arquipélago?
Duas. Ilhas escarpadas, alcantiladas, penhascos, havia de lá poder ser! De «encostas muito inclinadas» é só para o que o vocabulário dá.
Mais indigente que o jornalista que redigiu o texto só o imbecil que concebeu a primeira pergunta mandando os meninos ordenar cinco frases pela ordem em que vinham no texto. Que se pretende avaliar? Se os meninos leram o texto da esquerda para a direita e do cimo para o fim da página...?
Credo!
Cumpts.
De Bic Laranja a 8 de Maio de 2013
... Arquipélago... havia de ser...
De [s.n.] a 8 de Maio de 2013
Não, não, pelo contrário e com o devido respeito, na proposição em causa, o primeiro termo verbal que empregou - "haviam" - está correctíssimo:))
Maria
De Bic Laranja a 8 de Maio de 2013
Na verdade varia.
Ilhas haviam de ser arquipélago. Arquipélago havia de ser ilhas, pois bem. Como a sintaxe me saiu desgarrada (como se falando alto) deu no que deu...
:) Cumpts.
De Bic Laranja a 8 de Maio de 2013
E em «ilhas escarpadas, alcantiladas, penhascos, havia de lá poder ser!» também tanto dá.
Se o sujeito da última oração são as ilhas escarpadas ou lá como são, haviam (elas) de lá poder ser!
Se o sujeito é indeterminado, havia (ele/isso) de lá poder ser!
Cçlaro que «haver lá de poder ser!» é maneira de dizer «era impossível que fosse» por uma figura de estylo que me agora não ocorre.
Cumpts.
De [s.n.] a 9 de Maio de 2013
Muito bem, mas não me expliquei como devia.
Uma vez que empregou vários substantivos e porque utilizou E BEM o verbo "haver" com o significado "ter", este pode e deve conjugar-se no plural (haviam/tinham) como foi o caso, assim concordando com os sujeitos que são mais do que um.

O mesmo se passa com o verbo Haver quando o quisermos substituir por Existir (que significa o mesmo) também este último, contràriamente ao primeiro, conjugar-se-á como qualquer outro regular.
(Este exemplo não é para sua informação, como calculará;) mas ùnicamente para quem tenha alguma dúvida sobre este verbo).

Todavia concordo totalmente consigo se quisermos tomar o sujeito (da/de uma oração) como indefinido ou abstracto e aproveitando o seu exemplo: Ilhas escarpadas, penhascos..., etc., ... UM disparate tal(daqueles), HAVIA de lá poder ser.
Maria
De Bic Laranja a 10 de Maio de 2013
Supponho que na forma que usei originalmente vingue a lição do Dr. Leite de Vasconcellos sobre uma lei de syntaxe chamada attracção.
:)
Cumpts.
De [s.n.] a 10 de Maio de 2013
Esta ligação não resulta:) e é pena. O Sapo alega que não se lhe pode aceder...
Maria
De Bic Laranja a 10 de Maio de 2013
... lei de syntaxe chamada atracção...
Obrigado pelo aviso.

Comentar