12 comentários:
De Inspector Jaap a 23 de Agosto de 2013
Não andará Camilo às voltas na campa com tal desaforo? A desvergonha não tem limites; é preciso um fungicida para uma limpeza profunda, esse é que é essa!
Cumprs
De Bic Laranja a 23 de Agosto de 2013
Sei lá!
Elle escrevia de sua maneira. Os da 1.ª República reviraram-lhe até o nome. Outros a seguir revolveram-lhe os textos e vê-se não fica por aqui. Deve ser alguma doença modernaça; hiperactividade...
Se ler eu Dickens em inglês, é igual da primeira à última edição. Se o ler em português deve aparecer de tudo, até «pénis»...
Cumpts.
De Inspector Jaap a 24 de Agosto de 2013
Quanto a Camilo:
Essa rapaziada é mesmo assim: tocar de mudar tudo, sem nexo nem fundamento nem objectivo; é a mudança pela mudança e pronto um destes dias vamos ter que comprar um qualquer dicionário de tupi/Português para conseguir ler a nata das letras portuguesas; que vacuidade!

Quanto a essa pobre alma, quiçá emigrante em terras de S.M. e que à falta de pratos para lavar no restaurante, se deitou a “tradutora”:
Sabe que fiquei sem fala? Isto não me deveria acontecer, mas, acontece, pronto!
É, seguramente, desta massa (bruta) que é feito esse “escol” cultural dos acorditas; que raio de mediocridade!
Cumpts
De Inspector Jaap a 24 de Agosto de 2013
Ainda: essa criaturinha deve ter futuro assegurado a traduzir as obras de Camilo para acordês.
De Bic Laranja a 25 de Agosto de 2013
Não tem porque o vocabulário de Camillo era vastíssimo e consulta a dicionários não há-de ser com ela.
Cumpts.
De bst a 24 de Agosto de 2013
Não há qualquer motivo fonético para escrever "machado". "Maxado" está muito bem. Tão bem como "coleção".
De Bic Laranja a 24 de Agosto de 2013
A menos que o Maxado seja de Nave Haver ou de Badamalos e ainda se pronuncie 'Matchado', naturalmente.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 30 de Agosto de 2013
Se o raio do homem for basco, escreve-se "tx", donde continuo a achar que maxado é mesmo o que melhor lhe acenta (por que não, também?).
Viva a cacografia dos biltres!
Cumpts
De marcos Pinho de Escobar a 25 de Agosto de 2013
O Camillo deve de estar a rogar pragas a este infeliz do Maxado ... E olhe que o Amigo dá-me a boa ideia de tratar dos apelidos da cambada mixordesa .
Abraço.
De Bic Laranja a 25 de Agosto de 2013
Camilo havia de se rir como nunca.
Cumpts.
De [s.n.] a 26 de Agosto de 2013
Essa (sua) do 'Maxado' foi muito bem achada:)

Os acordistas estão contìnuamente a querer "dar-nos música" ao evidenciarem uma (falsa) progressão qualitativa da língua portuguesa alterando-lhe - trata-se de um crime de lesa-pátria - a ortografia e a fonética. Isto mais parece um salsifré (para ser branda no designativo) caso não se tratasse de uma matéria de tão graves consequências.
Maria
De Bic Laranja a 26 de Agosto de 2013
:) Grato.

Comentar