11 comentários:
De PT a 24 de Julho de 2013
Não é caso para tanta indignação. O mundo desde que se criou tem destas coisas, por vezes o sucessor alcança maior sucesso que o predecessor. Mas não creio ser esse o caso - a busca do sucesso. É apenas um elogio, uma forma de honrar. Duvido que algum autor que se lançasse a uma ousadia destas tivesse o desplante de avançar em termos comparativos.

E já agora, já se fez em ficção, para a TV, uma mini-série sobre a vida depois de E TUDO O VENTO LEVOU...

É banal
De Bic Laranja a 24 de Julho de 2013
Dizer banal é dizer vulgar. Tem razão. Mas lá o propósito de arrimar o caco gráfico a obra tomo é indubitável. E como não bastasse usar Eça por muleta à degradação do português, pôr uma nuvem de caga-lumes como pirotecnia de tão glorioso feito é fazer de nós tolos. Quem os não conheça que os compre.
Cumpts.

Comentar