8 comentários:
De zahiruddinbabur a 31 de Julho de 2013
Eu também boicoto a mercearia do sr. Belmiro, que para além do péssimo gosto quanto ao dialecto português a utilizar, ainda parece fazer alarde disso, com grafias "acordistas" que parece saltarem à vista...
Do que me apercebi, a mercearia do sr. Santos ainda escreve em português; as restantes (dos messieurs franceses, dos herren alemães...) parecem utilizar outro estranho "patois", o mixordês.

Mas onde queria chegar era aqui: não deveríamos deixar, activamente, deixar o sr. Belmiro e lacaios saber do motivo do nosso boicote? Seria bem mais eficaz que apenas deixar de frequentar aquelas (más) paragens...
De Bic Laranja a 31 de Julho de 2013
Sim. O inglório disso é que (cheira-me) o merceeiro Belmiro cobra os lucros cessantes, neste caso como noutros, em subvenções e incentivos estatais. Tal é a promiscuidade com a situação.
Convinha no entanto algum pasquim dar eco destes boicotes. O caso apresentado é real, as contas são rigorosas, portanto...
Cumpts.

Comentar