18 comentários:
De Joe Bernard a 24 de Setembro de 2013
Ainda voei com os comandantes Henrique Maya e Amado da Cunha.
De Bic Laranja a 25 de Setembro de 2013
Leio-o aqui e ainda agora o meu estimado amigo Fernando C. me comentava que conheceu todos os da fotografia. O mundo é pequeno.
Cumpts.
De Bic Laranja a 25 de Setembro de 2013
Alertaram-me esta tarde de que o Cte Henrique Maya de que fala era filho do Cte. Enrique Maya da foto. Estamos em face de pergaminhos.
Cumpts.
De Joe Bernard a 25 de Setembro de 2013
Tem razão. Escrevi com agá e devia tê-lo omitido.
Realmente o Henrique, bem como o Pedro, são filhos do comandante Henrique Maya.
Mais, um filho do Henrique, que foi primeiro comissário de bordo, já tem também um filho a voar como piloto.
De Bic Laranja a 25 de Setembro de 2013
:)
Cumpts.
De [s.n.] a 25 de Setembro de 2013
Este avião era por acaso um Super Constellation? Pena não se ver toda a fuselagem.
Maria
De Bic Laranja a 26 de Setembro de 2013
Já houve quem respondesse.
Cumpts. :)
De [s.n.] a 26 de Setembro de 2013
A propósito do grave acidente de um Dakota da Força Aérea em 1959 e que é referido nos comentários, é possível alguém contar algo sobre o mesmo? Talvez o ilustre comentador José Leite? É que houve sobreviventes e é do meu conhecimento que pelo menos um destes esteve 14 horas no mar até ser salvo. Sei ainda que o comandante (ou o co-piloto?) também sobreviveu mas morreu anos depois num outro acidente aéreo. Nas palavras de minha Mãe (eu não estava em Portugal nessa altura) "foi um acidente terrível."
Antecipadamente agradecida por alguma informação.
Maria
De [s.n.] a 26 de Setembro de 2013
Este avião era um DC-3, vulgo Dakota,construido pela Douglas Aircraft Co.Fernando C.
De Bic Laranja a 26 de Setembro de 2013
Do cotejo de mais algumas fotografias da colecção do Sr. António Fernandes pude conjecturar que o Dakota aqui fosse o CS-TDD. Mas não posso afiançar.
Cumpts.
De Bic Laranja a 26 de Setembro de 2013
Segundo li algures o CS-TDD passou à F.A.P. em 25/11/1958 e despenhou-se em Cabo Verde precisamente passado um ano, em 25/11/1959.
Cumpts.
De [s.n.] a 27 de Setembro de 2013
Sim, mas e o que é feito dos sobreviventes? Decerto que alguns deles ainda estão vivos. Seria interessante, para lá do sofrimento e pânico por que garantidamente terão passado, descrever como tudo aconteceu. Apesar de tudo há algo de que nos devemos orgulhar, os pouquíssimos (três?) acidentes aéreos que, entre a Força Aérea e a própria T.A.P., ocorreram em Portugal comparativamente com o que se tem passado com outras companhias de aviação das milhares que existem no mundo.

Sei que houve outro gravíssimo acidente com um Hidro-Avião, aí pelos anos 1954/55. Este acidente foi estranhíssimo porque o avião desapareceu no Oceano a meio caminho da Madeira e nunca mais se soube o que verdadeiramente aconteceu. Fazia parte da tripulação uma hospedeira filha de uns amigos dos meus Pais.
Maria
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2013
Eis um bom quebra-cabeça. Com tempo ainda havemos de achar algo a respeito.
Cumpts.
De [s.n.] a 27 de Setembro de 2013
De certeza. Depois dir-lhe-ei por que o afirmo. Entrementes pode ser que apareça algum leitor a esclarecer-nos.
Maria
De José Leite a 26 de Setembro de 2013
O avião é um «Douglas» DC-3 "Dakota", com que foi iniciada a "Linha Aérea Imperial" iniciada em 31 de Dezembro de 1946.

Percorria a distância, entre Lisboa e Lourenço Marques, de 12.585 Kms com 11 escalas, em cerca de 45 horas.

Mais tarde seriam substituídos, nesta ligação, pelos «Douglas» DC-4, já com 4 reactores.

Os meus cumprimentos

José Leite
De Bic Laranja a 26 de Setembro de 2013
A quem interessar aprofundar este tema o prezado José Leite tem publicada curiosíssimas noviades antigas nos seus Restos de Colecção. Só por modéstia o não terá aqui referido.
Uma precisão sem beliscar a nada. Os motores do Skymaster (DC-4 ou C-54) eram de hélice, não motores de reacção.
Obrigado!
De José Leite a 26 de Setembro de 2013
Caro "Bic Laranja"

Ups ! É caso para dizer "Abaixo a reaccção" viva a hélice... :)

Tem toda a razão !!

Grato pela sua indicação, mas nunca utilizaria o seu blog, ou outro, para publicitar o meu.

Os meus cumprimentos

José Leite
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2013

Cumpts.

Comentar