20 comentários:
De JPG a 18 de Novembro de 2013
A julgar pela expressão "mas agora virou normal", diria que Pimentel não é grande espingarda em se tratando de forjar "documentos". Mas isto sou só eu a julgar e a dizer, ou seja, a pensar alto. É até bem possível que um português use "virar" em vez de "tornar-se".
De Bic Laranja a 18 de Novembro de 2013
Um português não, um lusitano talvez...
Onde achou a patranha?
Cumpts.
De JPG a 18 de Novembro de 2013
http://vejabrasil.abril.com.br/brasilia/materia/contrarreforma-956

Comentar