Domingo, 22 de Dezembro de 2013

Mensagem para esta quadra

 Sei duma Marisa Matias com sinecura no parlamento de Estrasburgo e uma avença semanal para falar na radiodifusão do regime (num programa «Conselho Superior», conselho esse representado diàriamente por sombras do espectro político autorizado -- o que vai das esquerdas revolucionárias à direita de avental).
 Na sexta-feira o locutor da emissora que dá antena à piquena lembrou-a que só havia de tornar a falar depois do Natal; se quereria ela -- foram as palavras do locutor -- deixar uma pequena mensagem para esta quadra.
 Balbuciou logo então desejo de o próximo ano ser um melhor ano, em que se ponha fim e se comece a pôr fim [sic] a este ciclo [político]; e seguiu na mesma linha de ideias até concluir com uma exortação muito adequada: as pessoas que me estão a ouvir, que não se resignem, por favor, que lutem pelos seus direitos. De permeio, vá lá, conseguiu denunciar uma vaga ideia da quadra por, enfim, ter alguma noção de que os portugueses e as portuguesas [ai, ai!...] não poderão ter um Natal tão digno como deveriam ter.

 Como cega a ideologia! -- Custa tanto a esta gente desejar simplesmente...?

Um santo e feliz Natal a todos

Corregio, «Adoração do Menino», 1818-20 (Óleo s/ tela, 81 x 67 cm -- Galeria de Uffizzi, Florença)

Correggio, Adoração do Menino, 1518-20.
Óleo sobre tela, 81 x 67 cm,  Galeria de Uffizzi, Florença.
(Imagem colhida na Galeria de Arte da Rede.)

Escrito com Bic Laranja às 15:59
Verbete | comentar
8 comentários:
De Orlando Braga a 22 de Dezembro de 2013
Reitero os votos de um Santo Natal!
De Bic Laranja a 22 de Dezembro de 2013
Obrigado, prezado Orlando!
A si e aos que lhe são caros é também o que desejo.
Boas festas!
De marcos Pinho de Escobar a 22 de Dezembro de 2013
Linda imagem Caro Amigo.
Obrigado e um Santo Natal!
De Bic Laranja a 23 de Dezembro de 2013
Obrigado eu.
Feliz natal!
De [s.n.] a 23 de Dezembro de 2013
Acho cá uma graça a essa senhora e outras da esquerda e da extrema esquerda, os do P.S. incluídos, que não se fartam de bramar contra o "estado do país" e "isto não pode continuar assim" e "não se resignem", etc., etc. Esta gente não tem vergonha na cara??? Foi toda esta esquerda desavergonhada, da moderada à extrema, que levou o país por duas vezes, quase três, à bancarrota - à emigração descontrolada como nem sequer no E.N. isto aconteceu em tão gigantescas proporções, ao desespero dos jovens e dos menos jovens, muitos deles, uns desempregados mas sem a idade requerida para aceder à reforma e simultâneamente sem hipótese de arranjar trabalho e outros sem uma coisa nem outra e com um futuro sem esperança - e perante o estado deplorável em que o país se encontra ainda tem a supina lata de cada vez que está na oposição (aliás mesmo que ela esteja a governar os pseudo-protestos mantêm-se inalterados porque fazem parte da agenda pré-estabelecida) e jamais se deterá, porém aqueles não passam de fogo fátuo porque só servem para legitimar o espaço que lhe foi cedido pelo sistema já que faz parte do respectivo contrato mostrar serviço) aparecer di`riamente nas notícias com a exclusiva missão de contestar quem governa e fazer reivindicações sem pés nem cabeça, com a desculpa indigna e falsa de que todas as reivindicações e manifestações (fraudulentas) que exigem e convocam são e nem podia ser doutro modo, em 'nome dos trabalhadores'..., para os quais se estão completamente borrifando.

Esta inominável esquerda, toda ela traidora e apátrida, faz o mal e a caramunha e ainda goza à brava com o ingénuo e bom povo português que, pelo menos parte dele, ainda nela vai acreditando. Até um dia, que se quer breve. O que eles mereciam era ser corridos do país à pàzada a exemplo do que a grande e brava padeira fez aos espanhóis. Isto, à falta de outro método mais radical, mais rápido e mais eficaz.
De Bic Laranja a 25 de Dezembro de 2013
O marxismo cultural está aí e não descola. E as massas de simples arvorados a inteligentes são esta desgraça. Nada há a fazer.
Sic transt glora mundi.
Continuação de boas festas!
De tron a 24 de Dezembro de 2013
feliz Natal caro amigo e continue o bom trabalho
De Bic Laranja a 25 de Dezembro de 2013
Agradeço e retribuo.
Boas festas e feliz ano novo!

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____