Sábado, 17 de Fevereiro de 2007

N.ºs de frota 1-6 e as primeiras carreiras da Carris...

 Em 1940 importou a Carris meia dúzia de veículos ingleses da marca AEC, modelo "Regente", para prestar serviço de passageiros para a Exposição do Mundo Português. Dispunham de 28 lugares sentados e de motores de 7,7 litros com 31 CV. Receberam os números de frota 1 a 6; tinham obviamente cabina à direita.


Autocarros 1 a 6, Santo Amaro, c. 1940.
Fotografia in História da C.C.F.L., vol. 2, Carris, 2006.

 Depois da Exposição do Mundo Português os autocarros recolheram a S. Amaro. Foram usados em 41 numa exposição de floricultura na Ajuda e em serviços ocasionais para a Mocidade Portuguesa. Havia a guerra e os abastecimentos para os autocarros eram difíceis. Só em 44 se levou a cabo um serviço regular de autocarros, sob compromisso do governo de prover o abastecimento de gasoil, lubrificantes e pneus; a Carris só tinha pneus para 200-250 dias de serviço com 5 autocarros. Em Março de 1944 fez ajustou-se o ensaio com uma carreira entre os Restauradores e o Aeroporto da Portela. Em 9 de Abril inauguraram-se então as carreiras nº 1 dos Restauradores ao Aeroporto (depois nesse ano entre o Cais do Sodré e a Rotunda da Encarnação), e as carreiras circulares nº 3 e nº 4 que iam do Terreiro do Paço à Av. Miguel Bombarda e volta, alternadamente pela Rodrigo da Fonseca e pela Duque de Loulé.

Autocarro Maudsley, nº 135, Portela de Sacavém (Ferreira da Cunha, 1946)
Autocarro no aeroporto [série Henschell, 197-200 Maudsley (*) Albion, n.º 135], Portela de Sacavém, c. 1946.
Ferreira da Cunha, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

 Os benévolos leitores a quem aperte a saudade ou curiosidade dos antigos autocarros AEC da Carris desculpai que os remeta imodestamente para o que anteriormente publiquei aqui no blogo; assim, à laia de índex: 5$00; Quatro notas sobre autocarros da Carris; O 301; 56 lugares sentados; 2 pisos 35º; e Um 17 com porta atrás!.
 Mas não cuideis que o que aqui vos deixo é muito. Ele há uma riquíssima página de história das carreiras da Carris com muito mais sumo histórico que na da própria Carris...


Corrigido em 18/2 às 20h20.
(*) Segundo informação de Luís de Sampaio Howell, que agradeço.

Escrito com Bic Laranja às 00:35
Verbete | comentar
11 comentários:
De Luís Sampaio Howell a 3 de Outubro de 2007
Essa foto do Aeroporto não é dum Henschel é do 135, um Maudsley
De Nuno Simões Gonçalo Martins a 7 de Outubro de 2016
muito boa noite,

gostaria de aceder ao blogue "história das carreiras da Carris". Há possibilidade de autorizar o acesso?

muito obrigado
De Bic Laranja a 9 de Outubro de 2016
O blogo não me pertence. Deve pedir autorização ao seu autor.
Cumpts.
De a 23 de Fevereiro de 2007
Caro amigo, agradeço-lhe a dica.
De Bic Laranja a 21 de Fevereiro de 2007
A resposta não é fácil. Trata-se do edifício onde hoje são as partidas no Aeroporto de Lisboa. A existir alguma coisa será a velha torre voltada para a pista, que me parece descortinar um pouco acima da caxilharia de alumínio e vidro fumado. Digo isto com base nesta imagem ( http://biclaranja.blogs.sapo.pt/arquivo/855090.html (http://biclaranja.blogs.sapo.pt/arquivo/855090.html) ) mas sem muita certeza.
Cumpts.
De a 21 de Fevereiro de 2007
Caro amigo, este edifício aeroportuário em arqitectura de estilo do Estado Novo ainda existe? E se sim, onde se situa no actual complexo do Aeroporto da Portela? Nunca o vislumbrei das inúmeras vezes que por aquelas bandas tenho passado para viajar...
De Bic Laranja a 17 de Fevereiro de 2007
Tente http://fotos.sapo.pt/biclaranja/pic/000batdp . Cumpts.
De Manuel a 17 de Fevereiro de 2007
Amigo Bic: Não consigo a ver a primeira foto.
No mais, é como disse a T. Abraço.
De Bic Laranja a 17 de Fevereiro de 2007
Ele há cousas por cá sobre eléctricos. É um tema que há-de cá tornar, estou certo, Caiê. // Dos guias aos mapas... não perca nada. :) // Cumpts. a ambas.
De T a 17 de Fevereiro de 2007
Texto excelente e os links óptimos. De facto tem razão, o site que indicou é muito mais rico que o acervo da Carris. Eu ainda estou lá a espiolhar.
De Pug a 17 de Fevereiro de 2007
Prefiro os eléctricos. :) Mas os velhinhos autocarros têm histórias, sim, sr.

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
28
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____