De [s.n.] a 15 de Abril de 2017 às 21:40
Claro que existem os dois substantivos com significados diversos. Mas qualquer deles pode aplicar-se, numa determinada frase, consoante a ironia (ou não) que se lhe queira imprimir. Já agora em que estação de rádio (ou TV?) e quem é a personagem que nela pontifica, que parece duvidar deste facto? Desculpe a ignorância porque nunca oiço rádio - quanto à televisão, só telejornais e quase todos da TVI; só vejo a RTP e SIC se houver algum assunto político que me desperte a atenção ou algum documentário interessante, entrevista a uma personagem política ou outra que valha a pena ouvir, algum filme clássico e estes são raros, um bom concerto e pouco mais - por ter o tempo quase todo preenchido, parte dele visitando os meus blogos preferidos e outra dedicada à escrita (poemas) que me consome:).
Maria

Deixo a seguir a minha opinião sobre um documentário interessantíssimo que vi há dois dias na RTP3. É a tal excepção à regra. Também é verdade que ùltimamente este canal tem passado alguns programas bastante razoáveis e um ou outro muito bom. Estão a melhorar. Continuem assim que só ganham e nada perdem.
De Bic Laranja a 16 de Abril de 2017 às 14:20
A ironia não é para qualquer bestunto.
Deixemos.
Cumpts. :)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.