De tron a 29 de Julho de 2016
Já assinei caro amigo, é um crime não quererem reconstruirem os brasões. Se fosse a seguir pela mesma linha de pensamento derrubavam o brasão/ logotipo do extinto BNU que está na sua antiga sede junto ao Arco da Rua Augusta onde antes funcionava o MUDE onde a volta da marca do banco aparecem os brasões das antigas províncias ultramarinas.
Estas mentes brilhantes querem apagar uma ligação que ainda existe porque no mundial de hóquei em patins de 2013 que se realizou em Angola ouvir os angolanos no jogo de abertura contra Portugal a cantarem A Portuguesa.
E mais recentemente foi a festa que os timorenses fizeram com os feitos de Portugal no Euro 2016. Cada vez menos entendo a bosta que está a comandar os destinos de Lisboa
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.