2 comentários:
De Inspector Jaap a 20 de Janeiro de 2015
No rescaldo da nossa gloriosa revolução dos cravos, os «cravas» começaram o seu reinado; tanto assim é que se podia ler em alguns murais:
«Portugal, vende-se em talhões; falar a Soares & Cunhal, Lda, Lisboa»
A este glorioso dueto bem se podem juntar os Vascos, desde o Gonçalves até ao «azoriano» que é tão al(l)arve como o chifrudo do (all)garve; mas todos estariam bem no seu elemento em qualquer lupanar tinhoso do submundo moral em que sempre viveram, de fato, de facto.
Cumpts
De Bic Laranja a 20 de Janeiro de 2015
Havendo regente com brio e pingo de honra, tudo o que resultasse em aliviar a nossa terra de tropa estranha seria motivo de regozijo. Pois este que vemos sente-se afrontado por ela lhe voltar as costas com desprezo, quando ele próprio, por serviçal falta de orgulho, se não sabe dar ao respeito.
É toda uma mentalidadezinha.
Cumpts.

Comentar