Quinta-feira, 18 de Maio de 2023

Banhada

 Vistas algumas gordas nas primeiras páginas dos jornais, fiquei curioso. Uns ecos escritos nos blogos e mais curioso fiquei. Resolvi vasculhar naquela coisa, a box. Pus, pois, então, a dita coisa, a box, no parlamental canal a andar para trás, a ver dum tal Fradique ou Frederico, diz êle que despachado à galambada (= galo + lambada, uma forma de kung fu de punho fechado; não confundir p.f. com qualquer bípede implume que ande aí de arganel no orelhame…) — Despachado sem Despacho, bem entendido, mas com incentivo whatsupado dum par de murros que, a bem dizer, não ficaram sem resposta. Diz que o tal Fradique ou Frederico ou lá como é, despachou por seu lado umas voluntariosas galambetes para um ministerial lavabo, tal a fúria da corrida em osso que levava.
 Em suma, sortidas formas de despacho que, bem vejo, é tôdo um jeito de govêrno.

 Ora um govêrno de galifões e galifoas assim, não me havia êle de deixar curioso? Mais ainda porque é sabido o M.I. 5 doméstico haver cometido de imediato ao Johnny English de turno o gravíssimo caso porque, melhor era resolver o assunto a bem… — isto não é piada — ao depois poderia complicar-se!…

 De modo que, com tais tempêros, não resisti eu em mudar da Baby TV para a AR TV (AR é bem o termo, tal o parlavento que por lá faz; que é só o que se por lá faz). E bem assim, vasculhei o cofre dêstes netflixes de faca e alguidar, corri o cardápio do canal da parlaventosa assembleia de segunda até esta hora, onde consegui achar em comissal parlaventilação, da TAP, o comendador Barraqueiro, um homem, ex-xerma ou ex-céo da Parpública que deixou o cargo em 2015 (2015?!) e outra palha que não vem ao caso. Por fim, num bloco da alta madrugada de ontem lá vinha em título a audição do tal Fradique, ou coisa que o valha, Pinheiro.

 Só que, quando pus a dar a gravação, apareceu-me a falar uma mulher de olhos tortos. Pus a andar para a frente e era só ela, a tal mulher. Do tal Fradique, ou coiso, nada!

 Bom! Calhando, quem anda a ver mal sou eu. Ou isto ou a AR TV deu-me uma banhada.


AR TV Baby TV, Canção do banho.

Escrito com Bic Laranja às 17:33
Verbete | comentar
14 comentários:
De [s.n.] a 18 de Maio de 2023
Essa senhora chefe do tal gabinete parece que saiu de um daqueles filmes tipo senhor dos aneis ou algo do género.
De Bic Laranja a 18 de Maio de 2023
Sim, sim. Saiu do filme dêste govêrno.
Cumpts.
De O apartidário a 18 de Maio de 2023
Parece um filme de terror. Sugiro meu blog O Planeta dos macacos politicos.
De Bic Laranja a 18 de Maio de 2023
Não. É só mais uma creche.
Num bairro problemático.
Cumpts.
De [s.n.] a 19 de Maio de 2023
As outras TVs vão apresentar reclamação à Autoridade da Concorrência por prática ilegal: a transmissão da novela CpiTap no canal Parlamento, sem publicidade, com grande audiência.
O rapaz todo bem parecido é o ladrão, a rapariga (disfarçada de feiona) a jurar segredos de amor e o galã (mba) a meter os pés pelas axilas por causa dos planos secretos dos dirigíveis.
Até apareceu o vendedor do calcitrim, não podia perder aquela hora para apresentar o novo chinó, e o resto foi o enredo da grande tramoia para entreter os doentes nas salas de espera dos hospitais.

Cumts.
De Bic Laranja a 19 de Maio de 2023
De Figueiredo a 19 de Maio de 2023
Os desenhos-animados hoje em dia são uma autêntica aberração, figuras, cenários, e personagens completamente deformados, cores aberrantes, demenciais, estupidificantes, e embrutecedores.
De Bic Laranja a 19 de Maio de 2023
Sim, em geral são horríveis, intragáveis.
Não no caso do canal dos bebés.
Cumpts.
De [s.n.] a 19 de Maio de 2023
É um facto, mas os miúdos gostam por ser muito semelhante às suas garatujas.
A pequenada fica mais entretida com animação de garatujas, que com animação com imagens perfeitas e bonitas semelhantes ao mundo real.

Cumpts.
De Bic Laranja a 19 de Maio de 2023
A pequenada (e os graúdos ainda mais) gosta do que lhe dão. Se lhe dão bonecos feios e violentos, pois, é do que vai gostar.
Se lhe dão bonecos meigos e harmoniosos, será o com que se entretém.
Há espaço para tudo, mas cada vez menos para o belo, o harmonioso e sôbre tudo, o inocente, que é a quinta essência do infantil.
Cumpts.
De [s.n.] a 19 de Maio de 2023
Se observar desenhos de crianças até aos cinco anos, mesmo que vejam animação com desenhos das figuras todas muito bem desenhados, fazem sempre bonecada à "picasso". Só a partir dessa idade começam a desenhar figuras parecidas com as já visionadas.

Cumpts.
De Bic Laranja a 19 de Maio de 2023
É natural.
Tanto quanto do que de mim tenho memória nunca apreciei desenhos animados feios ou toscos. Nem nessa idade nem ao depois. O Vasco Granja tinha a mania daquela animação do Leste e eu detestava. Os mais perfeitinhos eram os americanos do Speedy Gonzalez, do Pernalonga, do Daffy Duck, da Pantera. Havia o Professor Baltasar, jugoslavo, que ainda tolerava, mas aquela bonecada no estilo «hippie» do Submarino Amarelo não me encantava. E gostava dos Barbapapas que tinham um ar terno e simpático que vejo também em muita bonecada do canal dos bebés.
Cumpts.
De Percival a 19 de Maio de 2023
O que me impressiona mais são os personagens animados que gritam e berram, arregalam os olhos, cerram os dentes e as mãos e puxam os cabelos de 3 em 3 minutos - parecem saídos de um manicómio!
De Bic Laranja a 19 de Maio de 2023
É quasi tudo dum mau gôsto tenebroso, sim. É verdade.
Cumpts.

Comentar

Julho 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Visitante



Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Firefox contra o Acordo Ortográfico
Fugas do meu tinteiro
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Kruzes Kanhoto
Lisboa
Lisboa Actual
Lisboa de Antigamente (pub)
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Meu Bazar de Ideias
Olhar o Tejo
Paixão por Lisboa
Perspectivas(pub)
Planeta dos Macacos (O)
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Julho 2024

Junho 2024

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.