2 comentários:
De [s.n.] a 30 de Abril de 2016
Este Take Five é uma pequena, grande, maravilha. Como já o havia dito aqui, em 2013. Absolutamente fabuloso. Intemporal.
Maria
De [s.n.] a 1 de Maio de 2016
Bem me recorda. Mérito ao Brubeck e aos restantes músicos.
Cumpra.

Comentar