Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016

Conjecturando a Estr. de Benfica e mais além

 Em Novembro do anno passado conjecturei cá esta imagem nas Portas de Benfica e expliquei:

 A legenda desta no archivo da C.M.L. é simplesmente «Pessoas passeando», Paulo Guedes, 19...
 Conjecturo a Estrada de Benfica. Se não, vede: contra o horizonte o Monsanto, despido; contra o Monsanto, à direita, o arvoredo da mata de Benfica; contra o arvoredo algumas casitas na estrada da Damaia (ou de A-da-Maia); no campo entre a estrada em que conjecturo estarmos e aquela percebe-se o valado duma ribeira — de Alcântara; as piteiras e o barranco à mão esquerda são da quinta do César que se entrepunha à estrada e à quinta das Pedralvas às Portas de Benfica.
 Posto isto, o telhado que sobressai do chapéu do cocheiro é o da Vila Ana. A estrada serpenteia caminho da Igreja de N.ª Sr.ª do Amparo cuja torre se não vê por causa do arvoredo diante. O fotógrafo virou costas às portas de Benfica e apontou a Nascente. O Sol baixo do quadrante S denuncia uma tarde de Inverno
  É ou não é?

Estr. de Benfica, Lisboa (P. Guedes, 19...)
Estr. de Benfica, Lisboa, 19...
Paulo Guedes, in archivo photographico da C.M.L.

 *  *  *

 Não vinha isto agora por nada senão por que um cavalheiro sem pejo de replicar imagens e legendas e até reflexões cá do blogo Bic Laranja sem no nunca referir em nada do que publica, um cavalheiro chamado Fraga-hífen-Aurélio (fraga é penedo e o hífen são peneiras) conseguiu com dedução autobrilhante a partir do seu próprio neurónio (o que é extraordinário) ligar a imagem de cima (sem legenda no archivo photographico municipal) a uma outra de Paulo Guedes (em baixo) legendada ali como Estr. das Laranjeiras.
 Como o fez?
 Elementar: o grupo de damas enchapeladas mai-los meninos que se vêem passeando algures na primeira imagem é justamente o mesmo que se vê na segunda; e se a segunda é na Estr. das Laranjeiras, onde seria, pois, a primeira?...

Quinta de São Miguel, Falagueira (P. Guedes, s.d.)
Quinta de S. Miguel, Falagueira, 19...
Paulo Guedes, in archivo photographico da C.M.L.

 Pois bem, o Sherlock hífen-Aurélio (aurélio, no caso, não de ouro, mas de orina), com premissa duma legenda dada e arregaçada, exibe óbvios dotes de dedução, mas falece-lhe desastradamente dom de observação que vá além da indumentária de quem passa e, assim como no arquivo se acham corriqueiras imagens de Benfica grosseiramente às avessas, assim se acharão legendas enganadas (ainda ontem na Paixão por Lisboa havia um caso).
 Já dizia o velho cronista que em coisa de grande antiguidade certeza não pode haver; por conseguinte impõe-se análise mais fina e algum estudo, a ver no que dá: a fisionomia do casarão e a longa recta plana daquele estradão não se quadram com a Estr. das Laranjeiras (v. mapa). — Que sobra? — A pista das Portas de Benfica. Ficariam a estrada e aquele casarão aquém ou além delas?
 A resposta está contida na legenda.

————
Nota: sendo uma conjectura mais do que verosímil, ocorre-me que o lugar é na Estrada Real, palmilhada numerosas vezes por Eça e Ramalho, fossem a Sintra, fossem ao coelho à Porcalhota, fossem até cumprimentar o dono desta quinta, Luís do Rego da Fonseca Magalhães; Eça viu de certeza esta païsagem; quem sabe não reconheceria o próprio filho do afamado tribuno parlamentar Rodrigo da Fonseca ali na imagem diante do portão de sua quinta de S. Miguel da Falagueira.  — Outras conjecturas!...

Escrito com Bic Laranja às 17:11
Verbete | comentar
8 comentários:
De Bic Laranja a 6 de Janeiro de 2019
Precisamente.
Ano bom!
De Ernesto Jana a 16 de Abril de 2019
Boa tarde.

Vi agora esta bela imagem de Paulo Guedes. à falta de melhor alguém do Arquivo escreveu como legenda aquela que consta e que o Sr. Bic Laranja conjecturou de maneira magnífica. o que o Sr. a.c. comenta como legendas imbecis, datas sem pés nem cabeça são o resultado de colocarem na Net mais de 110.000 fotos tudo online. Têm falhas? Muitas. Têm mérito? Imenso. Há um bom par de anos estava na Rua da Plama em consulta e tive acesso a dezenas de imagens que identifiquei como sendo da região de Tomar. Os senhores de lá agredeceram a ajuda e usaram-nas e mais tarde foram corrigidas. já apontei falhas e eles são rápidos a responder e a alterar. Se se tivesse medo de errar então não se colocariam online mais de 110.000 imagens e nós não teríamos o prazer de ver publicados em blogs de divulgação estas maravilhas.
Muito obrigado.
Cumprimentos. Ernesto

Em 16 de Abril de 2019

P.S. - Os meus parabéns pelo excelente trabalho
De Bic Laranja a 8 de Junho de 2020
Obrigado!
Respondo-lhe acima.

Comentar

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____