Quinta-feira, 10 de Novembro de 2016

Crónica de lacaios à jorna (muito pouco subtis)

Repórter Imbecil, NY TImes (Rowan Atkinson)


 A Imprensa hillaryante continua tão democrática como as manifestações antitrampa das minorias ruidosas, hoje, de Londres ao Novo Mundo.

 Ontem, pela alvorada, ouvi a notícia surpeendente de Trump ganhar aos votos seguida da notícia nada coisa do Marcelinho da gente lhe haver enviado sem demora as felicitações. Ouvi-o logo às 8h00 da manhã.

 À tarde, uma repórter Cristina Lai Men da T.S.F. tomava as dores duns nova-iorquinos com uma directa nos lombos, decepcionados, infamados e chorosos; o Trump ter sido eleito humilha-os de vergonha e a repórter transmitia-no-lo pelo éter como se fossem aqueles frustrados o exemplo acabado de toda nação americana; infamante nação que na realidade, basta pensar, há-de ter votado no tal infame.

 Contradizem-se tão estùpidamente e nem se dão conta? Ou dão e é pior...?

 Pois, logo a seguir, um Rui Tukayana na mesma antena, lá noutra terra da América descobria afinal que por ali 70% dos eleitores tinham votado no tal infame com tanta naturalidade como aquela com que no dia seguite foram trabalhar: como se nada mais fosse. Escolheram tão livre e democràticamente como na América quem entenderam e seguiram com a vida. De tal maneira a vida corria normal que a intromissão do repórter os interrompia no trabalho e haviam de parar com ele para lhe responder à trivialidade da reportagem.

 Entra de novo a Lai Men e... Milagre! Não é que tira da cartola uns quantos que também tinham votado no Trump e que hàbilmente escondera na primeira intervenção. Maldito Tukayana que lhe desfez o tabu. Quem terá escalado esse cronicão das informáticas a repórter de política?! O andróide estoirou pela culatra ao jornalixo engajado. Azar!

 Na TV mais à tardinha iam para o ar os maiores figurões da scena política mundial: o Holanda da França; a Merkela da Alemanha — ambos com recados (pouco) subliminares de acordo com a escritura sagrada do evangelho polìticamente correcto; o Putin da Rússia que, em russo, diz trampa quando refere o Trump e que é muito engraçado ouvir e; a madame Le Pen, da extrema direita francesa, que foi das primeiras a felicitar Trump pela victória.

 Isto das primeiras a felicitar lê-se nas entrelinhas.

 Do Marcelinho da gente (ou da «Gente») não disseram nada. Será porque, já vistes, também ele foi dos primeiros a felicitar o Trump pela victória?!

(A imagem do Sr. Feijão como repórter imbecil não sei a origem, anda na rede.)

Escrito com Bic Laranja às 17:09
Verbete | comentar
2 comentários:
De Mandarinia a 13 de Novembro de 2016
Na realidade a democracia só é boa quando são eleitos os "ungidos" pela classe. Uma chatice o povo poder votar em qualquer um dos candidatos.
Nunca me lembro de ter visto uma campanha tão facciosa como esta. Depois desta campanha escusam de dizer que o papão é a Fox News porque todos se portaram da mesma maneira ou pior (estou a pensar por exemplo na CNN).
Ainda bem que este pesadelo mediático acabou.
Do palerma do Hollande nem vale a pena falar (se fosse de direita...).
De Bic Laranja a 14 de Novembro de 2016
Estes democratas do jornalismo são evangelistas natos. Mas segure-se. Eles não desistiram.

Primeiro, no próprio dia puseram-se a decompor o eleitorado para isolar os eleitores patogénicos (racistas, xenófobos, nazis, grunhos típicos, etc.); nem se apercebem, mas sempre reconhecem haver eleitores com mais e menos (ou nenhum) direito a voto.

No outro dia descobriram outra: o eleitorado votou maioritàriamente na Clintona; o que estragou foi o colégio de delegados. E tornaram a proclamar uma cabeça um voto. E que assim na América não há democracia.

Pois não. Desde 1787. E agora em dois dias montaram estes jornalistas a democracia avançada a partir das duas bases enunciadas. Melhor só na China ou em Cuba, em que nem há discussão.

Cumpts.

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____