Sábado, 13 de Julho de 2019

Da bica

Dantes havia uma louça assim. Ao depois deixou-se de ver.

 

Bica, Algarve — (c) 2019

Bica, Algarve — (c) 2019

Escrito com Bic Laranja às 20:54
Verbete | comentar
12 comentários:
De André Sousa a 14 de Julho de 2019
Antes de mais... boas férias!
Aproveite!

Mas... eu, não seria eu... se não fizesse o meu comentário - há pois é bebé!

Louça da "velha guarda" e café Delta, espero!

A fotografia está invertida, ou a chávena foi rodada... o café foi bebido do outro lado - pega para a direita fica muito melhor! ;)

"Lápes" do IKEA (?) ficou esquecido no saco (?) ou foi mesmo "palmado", hum??!

Caderno da Moleskine, muito bem... para os pensamentos mais profundos... em vez do lápis esperava algo mais clássico (!) e os óculos do século passado em cima da mesa - temos que mudar.

Daqui a uns dias a Maria vai dizer ... "a sua rica família, deve ser a filha e o netinho; lá ao fundo está uma chaminé que é mesmo do Algarve", enfim... como nós gostamos e estamos habituados.
(venha de lá um comentário, oh Maria)

A terminar... outro dia estive para comentar o "verniz estalado" num dos seus posts (resposta e contra-resposta), mas depois... estava à espera de mais... "sangue, sangue!", enfim!

"E prontes", espero que haja mais sol onde quer que esteja... deixe-se estar... que está muito bem (!) se tiver paciência, vá acrescentado alguma coisa... se não... acrescente na mesma (!) lá porque está de férias tem que parar, isso é que era bom!

Cumprimentos Lisboetas,
André Sousa

De Bic Laranja a 15 de Julho de 2019
Então vossemecê já se esqueceu? Os tipos da Ikea cobraram-lhe duas capas de frouxel quando V. só comprou uma e, quando foi lá reclamar, não no atenderam. Foi daí que resolveu que havia de cobrar justiça acertando contas trazendo-lhe de lá lápis aos molhos. Até perfazer uns 50 € de prejuízo. Este lápis é um do molho que me vossemecê ofereceu.
Aí a memória!

Cumprimentos e boas férias, se for caso.

🥥🌫️🌪️
De [s.n.] a 16 de Julho de 2019
Ai o André quer que eu volte a 'postar', é isso? Pois não perde pela demora:) Não o tenho feito por falta de tempo, mas fá-lo-ei daqui a uns dias ùnicamente para ensinar a língua portuguesa às meninas e meninos das várias televisões, que francamente não faço ideia onde aprenderam o português...

A mesma crítica irá direitinha a outras personalidades, políticos incluídos (o Costa não diz "legislatura", diz e repete 'geslatura'!!!) que vão aos programas convidadas/os pelos jornalistas e que dão cada tropeção na gramática que só visto.
Maria
De [s.n.] a 16 de Julho de 2019
Já agora permito-me acrescentar que também criticarei a vestimenta das jornalistas, uma autêntica indecência. Para já vão alguns exemplos. Elas não têm a noção das conveniências nem quem as ensine.

Umas mais parece terem saído da cama e de camisa de noite apresentam-se para dizer notícias. A Judite Sousa é uma destas e é um verdadeiro horror desde sempre, a roupa dela é pirosa até dizer chega, além das 'camisas de noite', volta e meia leva blusas de folhos e renda preta... e transparente! E o cabelo, de um amarelo horrível, ou anda sempre desgrenhado ou nem sequer se penteia.

Outras jornalistas (desde há semanas já é a norma em todas elas, além da cor do cabelo avermelhado em todas ao mesmo tempo, assim como a cor da roupa que é igual em todas: ou vestem-se todas de amarelo torrado ou de vermelho vivo, ou de verde ou de azul ou de preto ou de branco..., esta é cor última cor é a adoptada por todas elas, repare-se que isto acontece depois da revista HOLA ter escrito ser a cor da moda e aquela a usar obrigatòriamente..., o mesmo conselho foi dado pela HOLA relativamente às cores precedentes) apresentam-se diante das câmaras de ombros nus em vestidos de alças quase só a tapar o peito e mal - ou seja, pràticamente nuas!!! - roupa adequada para irem à praia ou à esplanada ou à discoteca e nunca, jamais, em tempo algum por uma jornalista que se preze; outras jornalistas de tão mal vestidas mais parece terem saído de um Bairro Social dos mais degradados da periferia.

Resumindo: estamos perante meninas jornalistas que se apresentam vergonhosamente perante os telespectadores a quem devem o máximo respeito pelo cargo que ocupam. É verdade que há algumas, muito poucas (no meio de muitas dezenas) que escapam, mas são as tais excepções à regra.
Maria
De Bic Laranja a 17 de Julho de 2019
O Costa diz «geslatura», pois diz.
Muita sílaba ele engole sem se engasgar.
Que cromo!
Cumpts.
De [s.n.] a 22 de Julho de 2019
Anteontem ouvi-o outra vez dizer e repetir várias vezes e não 'geslatura', como me pareceu inicialmente, mas sim 'gelatura'... Uma dicção que é uma verdadeira maravilha...
Maria
De André Sousa a 20 de Julho de 2019
Ahahah!
Gostei... mas... a seringa não engana e de facto, "palmou" (pelo menos um) "lápes"!

Que belo regresso Maria... o BIC tem que abrir um tema só para si - penso que já tinha deixado a ideia!

Desejo a todos um excelente fim-de-semana!

Cumprimentos,
André Sousa
De Bic Laranja a 20 de Julho de 2019
E V. a dar-lhe. Esqueceu-se mesmo de os suecos burlarem? Disse que até as almôndegas lhe dão caganeira. Ao depois vem par' qui…

Obg. e cumpts.
De André Sousa a 20 de Julho de 2019
Xi... o verniz estalou!
Em grande!

Todo o "chico esperto" tem a mania que dá a volta ao assunto (!) é o caso!

Um fotografia para se armar em (pseudo) intelectual: uma chávena de café, um Moleskine e um lápis do IKEA (que saltou para a mesa... um lápis "atrevido").

Depois, uma história parva de que eu o conheço!?
Eu?!
Nem tenho interesse, nem quero (!) nem que seja a última pessoa deste mundo!

Se foi você que trouxe o lápis ou se foi alguém que o emprestou (ou deu!), não estou minimamente interessado; se calhar o IKEA tem-nos lá para as pessoas utilizarem dentro do recinto... ou mesmo fora (!) no fundo, até é publicidade gratuita - quem sabe!
Mas percebi que a "boca" encaixou... e incomodou!

A terminar... a linguagem mostra que o verniz... quando estala... revela muita coisa!

Não se preocupe que a Maria tem-no em conta... vá lá colocar mais uma camadinha para ver se isso passa!




De Bic 🍊 a 21 de Julho de 2019
Ah! Ah!
Julga o seu próprio verniz de camada mais fina? Poi é, mas a física dos materiais dita que tanta finura lhe não consegue recobrir nem um pouco a insulto gratuito e despropositado com que por aqui aparece. Ao depois é uma finura de caga de alto (olhe a caganeira outra vez), de fanfarrão e pedante.
Atrevo-me por esta vez dar-lhe conselho, coisa que V. desde que cá vem se arroga constantemente em fazer.
Não repare tanto em quem está ou passa. Não dê tantos conselhos. Ninguém lhe valorizará os dotes de análise derramados nessa oratória prolixa e tão inflada de moral (ego, mesmo). E arrisca-se bem a que em reflexo de tanta psicologia barata se lhe descubra o vazio da alma.
Para isso não há verniz. É simples, claro e nítido.

Cumpts.
De André Sousa a 21 de Julho de 2019
"De gato a 4 de Julho de 2019 às 12:35
Começo a concretizar as minhas suspeitas de há anos.
Você é um mal-educado ordinário e reles.
Como uma desgraça nunca vem só, é estúpido.

Vá bugiar.

Mais os cumps"

"Gato" de seu nome... spot on!
De Bic Laranja a 21 de Julho de 2019
Não perca mais o seu tempo.
Se se não contém use o vomitório
Cumpts.

Comentar

Junho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____