9 comentários:
De antonio a 30 de Julho de 2015
e logo agora que o xô ministro acabou c'os sacos de plástico onde podia guardar a pópança...
De Bic Laranja a 30 de Julho de 2015
Pois é. Tanta sustentabilidade e tão pouca proactibibilidade.
Cumpts.
De muja a 31 de Julho de 2015
Enviei outro recado para biclaranja[no]sapo.pt

De Capcréus a 31 de Julho de 2015
Muito bom!
Melhor ainda é saber que querem gastar 3 milhões dele a fazer um estudo sobre os FP e suas origens. (parece quase um estudo para o tgv ou afins).
Eu que venho todos os dias de bicla para o trabalho gostava de ver estas ideias peregrinas no terreno, mas isto não é mais do que enganar os papalvos e ajudar um qualquer amigo que tenha um "stander" de binas. :-)
De Bic Laranja a 31 de Julho de 2015
Muita conversa. Sempre conversa. Estudos sem consequência nem prestação de contas.
Cumprs.
De Luís a 31 de Julho de 2015
Seria muito útil que se soubesse quanto já ganharam certos interesses à custa do «ambiente». Aposto esses canalhas nunca estiverem numa área protegida nem sabem o que é um Quercus robur.
De Bic Laranja a 31 de Julho de 2015
Lá saberão que seja quer-cus, ambiente típico desta gente.
Cumpts.
De Luís a 1 de Agosto de 2015
Caro,

em boa verdade, por muito avessos que sejam aos sacos de plástico, e por muita soja que comam, se são dessa qualidade de homens, ferem uma das leis mais básicas do Cosmos. Ambientalistas? Leiam Dante: o plano da esterilidade, onde nada medra. Na política, são portanto um perigo. E todo o Príncipe deve colocá-los bem longe dos cargos de decisão.
De Bic Laranja a 1 de Agosto de 2015
Não há príncipe. Não seria democrático...
Há muito que a confraria tomou o Poder. Os cargos de decisão estão tomados.
Cumpts.

Comentar