16 comentários:
De muja a 28 de Maio de 2015
Renegamos o que é nosso, ansiamos pelo que vem de fora. Isto diz muito sobre o estado em que nos encontramos.

Não diz muito, diz tudo. É nas árvores como em tudo o resto.

De Bic Laranja a 28 de Maio de 2015
Ocorreu-me exactamente isso quando li o comentário do leitor. É o portugalinho solúvel em toda a medida como «best practice» do suicídio colevctivo.
Cumpts.
De muja a 30 de Maio de 2015
suicídio colectivo, talvez...

Mas ainda há quem resista ainda e sempre ao invasor.

Podemos estar a morrer, mas ainda não morremos.

Obrigado.
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2015
Mas sobramos poucos. É só os suicidas parecem arregimentar...
Cumpts.

Comentar