Segunda-feira, 6 de Agosto de 2018

De brincar com o fogo e não sair queimado (ou de fazer pouco da gente)

Ana Varela, «Monchique é exemplo, considera António Costa» (Barlavento, 11-6-2018)

Ana Varela, «Monchique é exemplo[,] considera António Costa», in Barlavento, 11/VI/2018.

 ----  //  ----

 

Miguel Carrapatoso, «António Costa; 6 minutos e 47 segundos a limpar floresta», in Observador, 24-3-2018

Miguel Carrapatoso, «António Costa; 6 minutos e 47 segundos a limpar floresta», in Observador, 24/III/2018.

 

 

 ----  //  ----

 

 Meio minutinho na internete e o fedor da propaganda do governo é pior que o cheiro a queimado do jornalismo nacional.
 Incêndios?!… Deixai arder. Daqui por um ano veremos o pato a chapinhar nas caldas de Monchique ou a mergulhar na cisterna do castelo de Marvão.

Escrito com Bic Laranja às 21:11
Verbete | comentar
6 comentários:
De Pedro Nogueira a 7 de Agosto de 2018 às 14:42
O tal país de faz-de-conta com um povo que também não merece melhor. A preguiça, o comodismo e talvez o medo, impede-nos de colocar esta malta no seu lugar. Não os queria, nem para arrumar carrinhos de supermercado, quanto mais para governar um país.
De Bic Laranja a 12 de Agosto de 2018 às 14:46
Nem sei que lhe diga. A mediocridade é atroz. E o descaro aviltante. Não só cá.
Cumpts.
De [s.n.] a 7 de Agosto de 2018 às 22:07
O que se passa neste País com os grandes incêndios que se sucedem a cada ano com estragos incalculáveis para as populações e para a economia do País não têm explicação nem a mínima desculpa. Os políticos sabem-no de cor e salteado, é claro que sim, já que são eles os principais responsáveis.

Quem quiser saber quem está por detrás deles em todos os países da Europa e já agora do mundo (assim que os incêndios acabarem em Portugal passam logo para Espanha) perca um bocadinho de tempo e investigue, há vídeos com fartura para ilucidar os mais distraídos.

O Costa é um interesseirão e um oportunista. Veja-se o que ele fez quanto ao aumento de um andar na sua casa da A. de Liberdade contra o parecer urbanístico, tudo feito em conivência com outro oportunista, o Salgado da Câmara. Além de mais outras casas que ele tem por aí. Tal como o traidor e ganancioso Soares que tinha pelo menos seis casas e uma quinta espalhadas pelo nosso País e pelo menos outras duas em Paris. Foi com este velhaco, enquanto estudou no C. Moderno, que Costa apreendeu a desgovernar o País e a governar-se e de que maneira.

Costa é um farsante e a maior nulidade como primeiro ministro e o mais cínico governante que Portugal já teve na sua longa História. Ele só foi ultrapassado por Soares.

Costa é um hipócrita e um rematado mentiroso. Costa é um comunista travestido de socialista para iludir o povo ingénuo. Ele foi bem doutrinado no Colégio Moderno pelo dono do dito, o comunista-mor Soares (o mesmo que fez a todos os políticos muito nossos conhecidos que lá estudaram e que por aí se passeiam desde há quatro décadas a enriquecer à nossa custa, todos eles vendidos ao sistema e que foram premiados com altos cargos, para os quais nem sequer tinham competência, como paga pelos inúmeros fretes prestados.

Costa nem esconde a sua origem ideológica. Ele e todos os seus camaradas, falsos como Judas, falam em nome dos pobrezinhos mas o que eles querem é dinheiro, muito dinheiro. Quem sai aos seus não degenera. Costa aprendeu com o pai, Orlando Costa, que era um comunista encapotado (só o confessou depois do 25/4), fez-se de direitista para sem o mínimo pejo ter ido trabalhar durante anos para as famílias mais ricas de Portugal.

Somos governados por um cambada de malvados. Raios os partam e diabos os levem.
Maria
De [s.n.] a 9 de Agosto de 2018 às 16:16
Em relação aos actuais incêncios, não esquecer que Costa assegurou, repito, assegurou, sem pitada de vergonha no focinho - isto, quando em Março passado houve uns incêndios no Norte do País - que "ai vão haver mais incêndios"(!!!). Como é que ele sabia??? Ou será que sabia e até demais? É claro que sim.

Ele disse isto com a maior das latas sabendo de antemão (está protegido pela maçonaria) que não será culpado pela perda de mais de uma centena de vidas humanas acontecidas o ano passado, assim como pela tragédia que está a contecer neste preciso momento por todo o Sul do País.
E sempre com a tacha arreganhada, como é sua norma.

Sobre os inenarráveis ministros por ele 'criteriosamente' escolhidos e que permanecem nos cargos apesar da completa nulidade: o Vieira da Silva, o Azeredo e o Cabrita, pelo menos estes três são duma incompetência atroz. E para agravar a nabice deste último, Cabrita, a maneira insuportável (de pessoa que mal aprendeu a falar) como articula as frases/palavras é verdadeiramente de fugir.
Maria
De [s.n.] a 9 de Agosto de 2018 às 16:18
"incêndios"
Maria
De Bic Laranja a 12 de Agosto de 2018 às 14:53
Muito verdade. São todos reses da mesma estirpe. Capazes só de intrigalhada política. Da mais despudorada. E de negócios escuros.
Esta porcaria está a saque. Que só à bruta há-de parar. Mas os brutos estão só do lado dos saqueadores.
Cumpts.

Comentar

Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

arquivo

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS

____