8 comentários:
De [s.n.] a 27 de Abril de 2019
Esta Enciclopédia de Cromos é uma delícia. E é-o pelas ilustrações extremamente bem feitas e pelo rigor das legendas. Adorei.
Maria
De Bic Laranja a 11 de Maio de 2019
É verdade! Carlos Alberto tem vasta obra, e não só na ilustração de banda desenhada.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 30 de Abril de 2019
2 notas:
1- Teve(tivemos) sorte de não ser um livro “à séria”, do tipo “bora lá aprender” (esta vi eu com estes olhinhos que a terra há-de comer); do mal o menos.
2- A magnífica colecção de cromos: tive a fortuna de a ter conseguido coleccionar até ao fim - enfim, quase, pois que, quando faltassem 30 cromos, mandava-se pelo correio o respectivo impresso e eles mandavam-nos todos; tristemente, por vicissitudes do destino, apenas me restam dela parte das páginas; de qualquer modo, até me vieram as lágrimas aos olhos quando vi as fotos que teve a elegância de colocar no verbete; recordar, é mesmo, viver; de novo o meu bem-haja por tal.
Cumpts
De Bic Laranja a 11 de Maio de 2019
Gentileza sua.
Obrigado!
Para rever os cromos...
De Joe Bernard a 6 de Maio de 2019
Tenho esta colecção de cromos, da Branca de Neve, Bandeiras de todo o Mundo e raças Humanas .
De Bic Laranja a 11 de Maio de 2019
A das Raças Humanas pode ver-se agora ao vivo e a cores aí por essas ruas da cidade. Mesmo cromos tão difíceis como o canibal com o osso atravessado no nariz ou aqueloutro com uma tábua na beiça de baixo.
Chic a valer!
Paradoxalmente o título «Raças Humanas» seria hoje censurado.
Abraço.
De Inspector Jaap a 12 de Maio de 2019
Sê-lo-ia, certamente!
Hoje em dia, só há uma raça, a dos, género, sem sexo,
e uma sub-raça, a extinguir o mais depressa possível: a dos brancos, ocidentais, heterossexuais e cristãos; isso já não é gente para estes anormais que estão a transformar o mundo num manicómio gigante; isto não vai acabar bem, podeis estar certos!
- "aqueloutro com uma tábua na beiça de baixo": lembro-me bem; era uma habitante do Congo, não era?
Hoje, por hoje, até poderia concorrer a miss Universo.
Cumpts
De Inspector Jaap a 12 de Maio de 2019
Também tenho as 2 últimas, se bem que incompletas; por acaso teve a dos "Piratas"? Foi aí que aprendi a diferença entre "piratas" e "corsários" (que é uma coisa que muito jeito me faz hoje para catalogar os coveiros da nossa Pátria) e entre "bucaneiros" e "flibusteiros"; para verdes a diferença entre uma simples colecção de cromos daquele tempo e um livro de agora, quiçá "escrito" por um qualquer especialista do pontapé na bola e com ortografia para atrasados mentais.
Cumpts

Comentar