11 comentários:
De Inspector Jaap a 31 de Janeiro de 2014
Quanto ao conteúdo: Verbete cheiinho (?) de oportunidade, não só pelo facto de ser momentoso, mas outrossim porque retrata uma realidade agoniante de gente pretensamente culta que não tem quaisquer laivos de coluna vertebral, física e intelectual; em suma uma cambada de grunhos que só num arremedo de país poderia alcandorar-se a uma universidade digna desse nome; lusófona ou lusófoba?
Quanto à forma: Nem Português, quanto mais Latim???? Crioulo é o que «está a dar»; querem melhor exemplo desta sorte de português moderno? Actualizem-se, pois. Ou não é quotidianamente que se ouve «fóruns» em vez de «fora»? E já agora: o que aconteceu ao «Dux Veteranorum»? Terá ele também sido tragado pela procela da ignorância? Afinal tinham razão os que afirmavam que «o vinho ( e seus derivados, estrangeiros ou não) é que “induca” e o fado é que “estrói”»; se repararem, é justamente neste nível que esse rebanho de acéfalos se move hoje em dia; pobre Portugal.
Cumpts
De ASeverino a 31 de Janeiro de 2014
Grunhos? nem isso...pois se eles nem sabiam o significado da palavra sevícias (ouvi ontem na TV); mas sabem bué de cenas...que tristes!

E não sei se viram na TV1 ("Quem quer ser milionário") aquele finalista de jornalismo, que nunca tinha ouvido falar de Umberto Eco, muito menos de Ítalo Calvino, nem pensar em Antonio Tabuchi, finalista de Jornalismo...que mais me irá acontecer...
De Inspector Jaap a 31 de Janeiro de 2014
Não vi, que deixei de ver «isso» faz tempo, mais exactamente desde que aderiram ao maldito aborto gráfico e eu, de masoquista, não tenho nada.
Quanto ao desconhecimento do significado de «sevícias», não me espanta nada já que, aqui atrasado, quando ainda via «essa» televisão, ouvi uma pobre alimária, universitária, pois então, dizer numa qualquer greve parola que estava ali «para lutar contra as instalações precoces» da dita universidade (do galo de Barcelos, certamente); quer melhor? Dessa altura até hoje verifico que houve um significativo “downgrade” – assim eles enterder-me-ão melhor.
Quanto ao tal (de) jornalista, claro que não tendo visto, tal também não me surpreende, já que está ao nível dos me®rdia que temos; valha a verdade que também não merecemos mais.
E é esta fauna que nos vai pagar a reforma????
Cumpts


De Bic Laranja a 1 de Fevereiro de 2014
Não tarda temos finalista licenciado, com louvor e distincção.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 2 de Fevereiro de 2014
Pois olhe que me não admiraria nada! :)Cumpts
De mujahedin a 1 de Fevereiro de 2014
que aconteceu ao «Dux Veteranorum»?

Agora só existem na variedade «Dux Veterasnum» (se é que houve outra; e como se ainda - penso - pode ver escrito numa parede algures em Coimbra, acompanhada da respectiva e elucidativa ilustração).
De Bic Laranja a 1 de Fevereiro de 2014
:)
Cumpts.
De Inspector Jaap a 2 de Fevereiro de 2014
Subscrevo o comentário do Bic.
Cumpts
De Bic Laranja a 1 de Fevereiro de 2014
Mero alinhavo de idéas em nota de desabafo, mais nada.
Mas obrigado pelo amavel appreço.
Cumpts.
De [s.n.] a 1 de Fevereiro de 2014
Excelente, elucidativo e iluminante pedacinho de texto saído da tecla do mui sapiente dono desta casa:)Muitos parabéns.
Maria
De Bic Laranja a 1 de Fevereiro de 2014
Generosidade sua.
Obrigado!

Comentar