19 comentários:
De José Lima a 20 de Fevereiro de 2015
O autor material do crime até poderá ter sido a PIDE. As questões que neste caso se colocam são outras, às quais - que saiba - os “democráticos” nunca responderam coerentemente e que respeitam ao autor moral do mesmo crime:

1º) Por que motivo decidiu reentrar Delgado em Portugal naquela altura? Algo ou alguém o convenceu a dar tal passo?

2º) Como soube a PIDE que Delgado ia reentrar em Portugal? Como obteve ou quem lhe transmitiu tal informação?

3º) Pretendia a PIDE apenas deter Delgado? Se sim, por que é que a coisas se descontrolaram e acabaram como acabaram?

Obter respostas para estas perguntas ajuda(ria) muito a esclarecer todo este imbróglio...
De Bic Laranja a 22 de Fevereiro de 2015
Rosa Casaco afirmou que foi um ardil da P.I.D.E. para o prender. Não vejo razão para duvidar. Que algo correu mal também o diz. Porquê é que não disse. Calhando nem ele soube. E calhando a explicação mais prosaica é a verdadeira: Delgado ter-se destemperado com tentarem prendê-lo e puxado duma arma. Era homem para isso. Casimiro Monteiro disparou primeiro. O resto são teorias da conspiração e propaganda gratuita.
Cumpts.
De [s.n.] a 20 de Fevereiro de 2015
A esquerda comunista, socialista e extremo-esquerdista anda há séculos a teimar a pés juntos que foi Salazar quem mandou matar Delgado... Pois, mas o que é estranhíssimo foi o facto de ao ter tomado conhecimento do crime ter ficado irritadíssimo, ter dito que tal acto (totalmente fora das normas seguidas pelo regime quanto a enfrentar oposicionistas dos mais perigosos, tanto na Metrópole como em África) poderia provocar graves danos no regime e por isso ter ordenado d'imediato que o crime fosse minuciosamente investigado e que todas as provas fossem enviadas à Justiça.

Pois é, esta foi a sua atitude e palavras tendo ele 'sido' o 'mandante' do crime..., o que diria se não tivesse sido...

Hipócritas, cínicos e mentirosos d'um raio.
Maria
De Bic Laranja a 22 de Fevereiro de 2015
O assassinato de pouco servia ao governo e serviu de bandeja um mártir aos comunistas. Configura-se mais ao modus operandi dos estalinistas que do Estado Novo, embora a propaganda apregoe o contrário.
Mas a verdade é que não sabemos como nem porquê sucedeu o que sucedeu.
Cumpts
De gato a 21 de Fevereiro de 2015
O sem medo quando em Washington — adido militar de aeronautica — portanto em representação de Portugal, desatou a comer as mulheres dos colegas da NATO. Claro que quando uma mulher passa para segunda, terceira ou quarta posição envenena tudo e todos. Foi isso que lixou o sem medo. Toda a gente sabia.
Além de um comportamento indigno, sabido nos meios políticos (e não só em Portugal) e com a ordem de Salazar, foi logo recambiado para a Pátria.
Salazar não se opunha a devaneios extra-matrimoniais. Mas ali estava o bom nome de Portugal. Um representante do País não podia "dar bandeira" em negócios de alcova.
Tiraram-lhe a alcofa debaixo dos queixos e o sem medo passou-se para a oposição.
Mais coragem teve o Henrique Galvão. Um dia conto-vos a saga.
Abraço
De Bic Laranja a 22 de Fevereiro de 2015
Desconhecia. Esses assuntos não transpiram, como não transpira que o bando de Argel o denegria e acusava de manobras publicitárias quando deixou de dar notícias em Fevereiro de 65, mas pela surra lhe tentou deitar a mão aos arquivos no escritório em Argel. E logo que correu a notícia de sua morte o retomaram por um dos seus e para obterem um mártir.
O que transpira é, pois, só só o «demito-o», que já rescende a bafio.
Cumpts.
De gato a 21 de Fevereiro de 2015
A caca do sistema usado não nos informa de nada. Vai uma cópia.

O sem medo quando em Washington — adido militar de aeronautica — portanto em representação de Portugal, desatou a comer as mulheres dos colegas da NATO. Claro que quando uma mulher passa para segunda, terceira ou quarta posição envenena tudo e todos. Foi isso que lixou o sem medo. Toda a gente sabia.
Além de um comportamento indigno, sabido nos meios políticos (e não só em Portugal) e com a ordem de Salazar, foi logo recambiado para a Pátria.
Salazar não se opunha a devaneios extra-matrimoniais. Mas ali estava o bom nome de Portugal. Um representante do País não podia "dar bandeira" em negócios de alcova.
Tiraram-lhe a alcofa debaixo dos queixos e o sem medo passou-se para a oposição.
Mais coragem teve o Henrique Galvão. Um dia conto-vos a saga.
Abraço
De Bic Laranja a 22 de Fevereiro de 2015
Houve de moderar os comentários por causa de certos marotos inconvenientes.
Lamento.
De [s.n.] a 22 de Fevereiro de 2015
Com os anti-fâxistas à perna? Ainda por cima nascidos ontem,ouviram dizer.Dos verdadeiros,os que deram o "corpo ao manifesto",poucos restarão.De resto e a "traço grosso" a Pide/DGS assumiu a morte.Ouvi a versão
Pereira de Carvalho,diferindo um pouco da de Casaco,havia algumas incompatibilidades entre directores,uma das versões de Casaco aponta para Casimiro Monteiro como responsável.São unânimes nisto:
a morte não estaria planeada(Casaco refere ter visto cal e ácido num dos carros...)mas aconteceu.E nenhum "chutou" para Salazar.
De Bic Laranja a 26 de Fevereiro de 2015
Deram o corpo a manifesto deram. E a alma ao Diabo.
E do resto, a verdade é que não sabemos.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 1 de Março de 2015
Pois de facto não sabemos mesmo; mas usando a lógica: a quem aproveitou – de facto – a sua morte? Ao regime? Decerto que não; Foi Salazar que ordenou a sua morte? Pimentélico delírio politicamente correcto; pois se isso fosse verdade acham mesmo que o ABC alguma vez saía com vida das garras da tenebrosa P.I.D.E .? Acham mesmo?
Ao que parece o homem era imprevisível e espaventoso; isso da Argel está mais do que (com)provado; e sabe-se que o PCP nunca foilá muito tolerante com gente que não controlasse COMPLETAMENTE, com o era o caso… Já imaginaram o que seria o novo regime se ele tivesse sido eleito? Acham que seria o PCP a formar governo? Se calhar a P.I.D.E. tornar-se-ia bem mais activa e, quiçá violenta, pois tal estaria bem mais de acordo com a mente do tal senhor.
A quem aproveitou – de facto – a sua morte?
Para meditar.
Cumpts
De Bic Laranja a 7 de Março de 2015
A verdade é que se não sabe nada. E quando não se sabe nada pode dizer-se tudo.
Cumpts.
De Manuel Cáceres a 23 de Julho de 2015
Ver mis comentarios a partir del 17-18 de Febrero de 2015:

http://noledigasamimadrequeestoyhaciendofoto.blogspot.com.es/2015/02/se-conmemora-el-50-aniversario-del.html

Y otro enlace:

http://noledigasamimadrequeestoyhaciendofoto.blogspot.com.es/2015/02/se-conmemora-el-50-aniversario-del_1.html
De Bic Laranja a 28 de Julho de 2015
Prezado Sr. Manuel Cáceres, muito lhe agradeço as remissões que fez o favor de deixar. O seu estudo dos factos parece-me vasto e pormenorizado. Os seus comentários são preciosos, sem a tentação de especular, o que é raro.
Deixo as remissões directas.

Comentários

Imagens
De Manuel Cáceres a 22 de Agosto de 2015
Se añadió una foto-composición, del monumento en Villanueva del Fresno, para que vean si es que existe diferencia.
De Bic Laranja a 19 de Setembro de 2015
Obrigado pela remissão.
Cumpts.
De Manuel Cáceres a 10 de Novembro de 2016
He añadido algunas,interesantes,fotos más.

http://noledigasamimadrequeestoyhaciendofoto.blogspot.com.es/2015/02/se-conmemora-el-50-aniversario-del_1.html
De Manuel Cáceres a 17 de Fevereiro de 2017
Se añadieron más fotos y documentos.

http://noledigasamimadrequeestoyhaciendofoto.blogspot.com.es/2015/02/se-conmemora-el-50-aniversario-del_1.html
De Bic Laranja a 18 de Fevereiro de 2017
Obrigado!
Cumprimentos.

Comentar