3 comentários:
De Joe Bernard a 9 de Abril de 2015 às 22:53
Conhecia esta faina no Tejo mas não em Sesimbra. As tascas do Cais do Sodré vendiam pacotes de minhocas, "embrulhadas" em limos, sargaço, e depois em jornal. Lembro-me de custarem 2$50.
De Bic Laranja a 10 de Abril de 2015 às 18:29
Ora bem! O que se poderia hoje chamar pomposamente cultura biológica. O papel de jornal compunha com o ambiental e o sustentável. E os ambientalistas eram raça que não fazia falta nenhuma.
Cumpts.
De Joe Bernard a 11 de Abril de 2015 às 15:58
Nem mais. Os ambientalistas é uma raça de chupistas, invejosos, ganaciosos, demagogos, egoístas.

Comentar