Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016

Guterres, o mole...

 Guterres, o mole, é um habilidoso.

  [...] Mário Soares assumia-se em Belém como o chefe, de facto, da oposição ao Governo, deixando pouco espaço a Guterres. Chamava gente ao Palácio para falar mal do primeiro-ministro, acusando Guterres de ser «mole» e não fazer a Cavaco a oposição que se impunha.
  [...]
  Num almoço no Pabe, nesse ano de 1994, pergunto a Guterres se isso não o menoriza. Se não se sente incomodado com o facto de Soares querer substituir-se a ele como líder da oposição. Responde--me: «Não me incomoda absolutamente nada», acrescentando que tenciona ignorar as desconsiderações e «pilantrices» (sic) de Soares. E explica: «Se o Soares desgastar o Cavaco e o Governo, isso só pode reverter em meu benefício. Sou eu que sucederei ao Cavaco quando ele cair...» Mais incisivo, diz que o seu papel é «deixar o Buda em Belém a atacar o Governo» e depois tirar proveito disso.
  E mais próximo das eleições usará uma expressão que lhe ouvi noutras alturas e fará escola: «Basta‑me fazer de morto para ser primeiro‑ministro.»
  [...]
  Mais ou menos um ano antes de Guterres ser primeiro-ministro, pergunto-lhe o que acha de Jorge Sampaio. «Sampaio é um hipócrita», responde de pronto.

José Ant.º Saraiva, Eu e os Políticos, 1.ª ed., Gradiva, Lisboa, 2016, pp. 50-53 passim (sublinhados no original).

 Por isso, da sua converseta de ontem em louvor da exemplar união nacional dos portugueses (leia-se, a classe político-jornalística do pântano nacional) para empoleirá-lo na Secretaria-Geral do pântano mundial, reitero o que disse: foi naquela vez pela causa de Timor e, agora, por causa dum tacho para si.

 De feito, moleza liga-se bem com lodo dos pântanos.  Anda ou não isto tudo ligado?

hqdefault.jpg
Imagem de Contra-Informação.

Escrito com Bic Laranja às 12:00
Verbete | comentar
11 comentários:
De [s.n.] a 14 de Dezembro de 2016
Como concordará o "livro" do Saraiva não é um tratado de moral, nem um exemplo da literatura portuguesa do séc. XXI.
Tem o interesse que lhe dedicam e servirá para e onde se ajuste. Eu acho-o com interesse histórico nulo, pois que nem tem autor de créditos, nem conteúdos de mérito. Mas vai servindo nesta, como noutras, ocasião para corroer, insinuar, apoucar e até emporcalhar a coisa. Existem no mundo uns 'seres' que vivem muito apegados a uma certa necessidade fúnebre. Matar o outro que nos confronta ou simplesmente afronta, normalmente não conseguem o que consideram 'o lugar da sua dignidade'... nem retirar ao outro aquilo que por natureza lhe pertence
Coitados que não entendem que não é por 'sujar' o outro que limpamos a nódoa que colocamos no lugar de alma. Antes nos amarga a vida, azeda o mundo. Tive oportunidade de conhecer o Senhor de que aqui se fala e conheço minimamente a missão do pântano e curiosamente acho que se comprova que é um homem muito sábio... Basta fazer de morto e ser medianamente ignorantes e ergueremos os castelos que apressadamente derrubaremos, não vão eles fazer alguma sombra indesejável. Todos habitamos o lodo universal, mas alguns acham que não! O meu é temperado com Menta: é um bocado amaricado ma sempre alivia o mau cheiro das segundas/terças/quartas...sem banho. Chiça
Emanuel
De Bic Laranja a 14 de Dezembro de 2016
Hum! Banhos de lama com sabor a menta... Pois não dizem que fazem bem à pele?!... — Todavia eu prefiro água.
Espere por quinta-feira e livre-se disso.
Cumpts.
De [s.n.] a 14 de Dezembro de 2016
Sabe eu não falei de banhos de lamas nem de lamas com sabores... Esse é um jogo que não cabe no meu tabuleiro.
Apenas transformei o seu "juízo da lama" num universal com a idiossincrasia de salvaguardar que não me importo de partilhar lama mas sinto sempre necessidade de lhe acrescentar uma porca ou um parafuso para que não seja igual às demais...
Quanto a quinta... considerando que só trabalho de noite imagine o cheiro do lamaçal a esse hora... não consegue daí do seu paço
O mundo dos humanos está a tornar-se numa gigante Torre de Pisa. Será da lama... mas ainda mais da falta de prumo
M
De Bic Laranja a 14 de Dezembro de 2016
A bem dizer nem sei do que falou. Respondi-lhe como pude, olhe...
Estimo as melhoras.
De [s.n.] a 14 de Dezembro de 2016
Pois...
Acontece, muito, não saber o que se diz.
Acontece, ainda mais, não entender o que se ouve, ou juntar as 'frames'do que se vê
Frequentemente tendemos a não medir o que dizemos nem hipostasiamos os ouvidos onde chegará
Concluindo: dizemos cousas que nos enchem e ao nosso circulo menosprezando ou desonrando aqueles que podem ser tocados pelo eco, no círculo évidemment
Mesmo não me encontrando mais doente que...agradeço a estima
A
De Bic Laranja a 14 de Dezembro de 2016
As melhoras do Buda, então.
Cumpra.
De [s.n.] a 16 de Dezembro de 2016
Ouviu o Jorge Coelho dizer numa entrevista qualquer, a propósito do novo cargo do Guterres, há dois ou três dias, que "ele é a pessoa mais inteligente que eu conheci em toda a minha vida"(!!!???) e que ele tinha sido "um político competentíssimo"(!!!!???) e que não podiam ter escolhido melhor(???) candidato para presidente da ONU?
Ouço com cada uma que, em vez de duas, parecem três.
Maria
De Bic Laranja a 17 de Dezembro de 2016
Inteligente será. E habilidoso. Menos em contas...
Cumpts.
De [s.n.] a 17 de Dezembro de 2016
Habilidoso talvez, mas inteligente?! (e segundo J. Coelho, a pessoa mais inteligente que conheceu...), acha?, não sei não.
E quanto a ele considerar-se católico... sendo um socialista declarado, é algo paradoxal que não se coaduna. Só se pode adorar um só Deus. Convenhamos que esta sua dupla crença tem muito que se lhe diga. Não é possível obedecer a Deus e ao Diabo.
Maria

De Bic Laranja a 17 de Dezembro de 2016
A manha é uma forma de inteligência. É essa que o coelhão consegue reconhecer.
Coincidem a adorar o mesmo deus, depois.
Cumpts.
De [s.n.] a 18 de Dezembro de 2016
Ah!, só se for isso. Assim concordo. Que pestes.
Maria

Comentar

Novembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
16
21
26
28
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____