9 comentários:
De gato a 28 de Outubro de 2015
A inveja é uma das mais firmes características portuguesa. Senão porque atacavam os proprietários dos melhores restaurantes do concelho de cascais.
Inveja! Tão-só...

Abraço
De Bic Laranja a 28 de Outubro de 2015
Ora, porque eram fâchistas, não está bom de ver?....
Cumpts.
De Joe Bernard a 29 de Outubro de 2015
Nem mais!!!
De [s.n.] a 29 de Outubro de 2015
Ainda bem que fala desta escritora(?). Ela é absolutamente execrável tanto como comentadora nos programas televisivos para os quais é convidada, como também nos assuntos que aborda nos livros que escreve. Só escreve (e fala nas televisões) sobre um único tema e só para dizer mal dele. E qual havia de ser senão de Salazer e da P.I.D.E., pois está claro.

Esta senhora sofre duma qualquer psicose que não a abandona. Mas Salazar fez-lhe porventura algum mal? E ela foi algum dia prisioneira política durante o Regime do Estado Novo? Se acaso o foi (subversão?, conspiração? traição à Pátria?) então é de crer que terá sido por muito boa razão.

O ar extremamente antipático como fala e é sempre sobre o seu tema d'eleição (Salazar e a Polícia Política, para variar...) e sobretudo as expressões faciais detestáveis, não conseguindo disfarçar o ódio que lhes subjaz, por detrás de cada frase expelida sobressai um defeito iniludível que não pode ter mais nenhuma outra explicação senão ser consequência directa da sua origem genética e esta nunca mente nem é passível de ser disfarçada. Além do seu próprio apelido que é incontornável e também indesmentível. Com isto está tudo dito.
Maria
De Bic Laranja a 29 de Outubro de 2015
Tem razão! É o fado duma nota só...
Cumpts.
De Joe Bernard a 29 de Outubro de 2015
A S Q U E R O S A ! ! !
De Bic Laranja a 29 de Outubro de 2015
Com todas as letras.
Cumpts.
De José Lima a 30 de Outubro de 2015
Caro Bic

Gabo-lhe a pachorra que demonstra ao ouvir essa tal de Pimentel e outras criaturas quejandas...
De Bic Laranja a 30 de Outubro de 2015
Pois sabe. Se a liberdade de asnear se lhe não sobrepusesse, ilustrariam como ninguém a razão do exame prévio.
Cumpts.

Comentar