10 comentários:
De tron a 13 de Março de 2014
Sinceramente, mas valia Portugal sair do euro
De Bic Laranja a 13 de Março de 2014
Mais valia Portugal.
Cumpts.
De Marcos Pinho de Escobar a 13 de Março de 2014
O Amigo tem razão. Portugal já acabou... Não digo que o ultimo a sair apague a luz porque está já foi vendida ao pc chinês.
Abraço amigo.
De Bic Laranja a 13 de Março de 2014
Não ha-de sobrar nada. Entregue o territorio vendido o reino, diluída a identidade, vai ja adeantado o ermamento para os senhores que haja de haver não toparem com viriatos nem tribos de Lusitanos.
Cumpts.
De M.Martins a 13 de Março de 2014
A que eu acho (nada)graça é vamos negociare a restreturação da dívida...eles não tem autorisação de ir a casa de banho!Cambada de cow boys,que nem sabem montar a cavalo.
De Bic Laranja a 15 de Março de 2014
É isso mesmo. Não passam todos de mandaretes.
Cumpts.
De [s.n.] a 14 de Março de 2014
Tem razão.. e é por isso que já começo a pensar seriamente em sair daqui... pois não sei se consigo ficar por cá e assistir a esta morte lenta... é muito doloroso.... dói muito, dói até na alma...
No entanto, não quero ir sem que me diga onde posso encontrar uma gramática pré 1911 para aprender a escrever como o Bic Laranja?
De Bic Laranja a 15 de Março de 2014
Glauco Mattoso publicou um «Tractado» sôbre o assumpto em 2011. Todavia, pode ser mais proveitoso ler a Camilliana em edições do séc. XIX e princípio do séc XX facultada pelo Archivo da rede (archive.org). Quem diz Camillo diz Eça ou até Machado de Assis nas ediçoes gratuitas para o Kindle disponíveis na Amazon.
Cumpts.
De [s.n.] a 17 de Março de 2014
Obrigada pela pronta resposta...

Comentar